Gilda Beatriz confirma candidatura à presidência da Câmara de Vereadores




Vereadora mais votada nas eleições municipais desse ano com 5.613 votos, Gilda Beatriz (PMDB), anunciou nessa segunda-feira (7/11), que pretende disputar a presidência da Câmara Municipal de Petrópolis, RJ, em janeiro de 2017. 

Segundo a legisladora, colocar seu nome a disposição do PMDB para disputa é um movimento natural diante da atual conjuntura política. 

“Bernardo Rossi, prefeito eleito, convidou Paulo Igor, atual presidente da casa, para ocupar uma secretaria em sua gestão. O PMDB é a maior bancada da casa, ao lado do PSB e tive a honra de ser a vereadora mais votada. Colocar meu nome a disposição do partido é um movimento natural exigido por muitos eleitores. Precisamos manter os avanços conquistados no legislativo e ajudar o novo governo a reconstruir Petrópolis sem perder a independência necessária para defender os interesses da população, uma marca do meu mandato. A população mostrou nas urnas que confia no meu trabalho e isso me deu mais força para enfrentar esse novo desafio”, afirma Gilda. 

Primeira mulher reeleita na história do município e única a ocupar a primeira colocação entre as casas legislativas no Estado do Rio no último pleito, Gilda pode entrar para história como a primeira mulher a ocupar a presidência da Câmara Municipal da única Cidade Imperial das Américas.

“Vivemos um novo momento. Quero ser a presidente no biênio 2017/2018 para garantir a transparência dos trabalhos dando continuidade a TV Câmara e as Audiências Públicas. Vou levar o legislativo para as redes sociais para interagir com a população. Eu conheço as dificuldades para chegar até aqui, por isso vamos fortalecer ainda mais o mandato de cada vereador e garantir condições para que cada um possa desempenhar bem seu papel. Meu compromisso é fazer uma política com “P” maiúsculo. É possível manter a independência entre os poderes e, ao mesmo tempo, auxiliar o executivo já que nós somos os representantes do povo e conhecemos de perto as dificuldades enfrentadas por cada comunidade. Não existe espaço para revanchismo na Petrópolis que precisamos construir. Por isso, vou conversar com todos os vereadores, eleitos e reeleitos, buscando unidade e o fortalecimento dessa casa”, finaliza. 

Comentários