Alimentos termogênicos ajudam a perder peso de forma saudável



Em tempos que só se fala em manter a forma, fazer dieta, ter uma alimentação balanceada, dentre outros assuntos relacionados à estética e saúde, nos vemos bombardeados de informações sobre o que é certo ou errado comer. Uma das questões envolve os alimentos termogênicos, que têm algumas contraindicações, porém, são benéficos para saúde.

A nutricionista Mariana Raesk explica que os alimentos termogênicos auxiliam na perda de peso, pois queimam a gordura corporal. “Eles fazem com que o organismo gaste mais energia para digeri-los, portanto, aumentam a temperatura corporal, acelerando o metabolismo”.

Porém, para desfrutar dos benefícios que estes alimentos trazem, é preciso que haja um consumo regular, além de manter uma dieta equilibrada. “É necessário diminuir o consumo de frituras, gorduras saturadas, açúcar e produtos industrializados”, pontua Mariana, reforçando, ainda, que os termogênicos são um complemento a um planejamento alimentar adequado associado também à prática de exercícios físicos.

Ainda assim, há algumas contraindicações, por isso, qualquer pessoa deve consultar um nutricionista antes de começar sua dieta ou o simples consumo destes alimentos. “Crianças, gestantes, hipertensos, pessoas com cardiopatias e enxaqueca devem ter supervisão profissional, já que os termogênicos podem causar aumento da pressão arterial, insônia, dor de cabeça, nervosismo e taquicardia”, alerta Mariana Raesk.

Mas que alimentos são estes? “A pimenta do reino e malagueta são exemplos. A primeira possui piperina e a segunda capsaicina, que são compostos que atuam como potente termogênico natural”, expõe a profissional. O famoso chá verde também é desta família, pois é rico em polifenóis, tanino, bioflavonóides e catequinas e tem como função auxiliar na queima de gorduras.

Segundo a nutricionista, um alimento muito usado na cozinha e no cotidiano e que também termogênico, é a canela, pois ajuda no processo de emagrecimento diminuindo o acúmulo de gordura no organismo e age, principalmente, na gordura abdominal. “Fibras em geral também auxiliam no emagrecimento, já que aumentam o gasto energético do corpo, através da mastigação e digestão. Portanto, acrescentar na dieta cereais e derivados integrais e realizar um consumo diário de verduras, legumes e frutas gera impacto no aumento do metabolismo auxiliando na perda de peso”, segue Mariana.

A profissional indica, ainda, uma proteína que pode ser consumida sem medo, que são os peixes como as sardinhas, pois contém ômega 3, assim como a linhaça e a chia.  “Eles aumentam o metabolismo, fazendo o corpo queimar calorias e eliminar o excesso de líquido”, finaliza.

SOBRE A NUTRICIONISTA – Mariana Raesk é Bacharel em Nutrição, pela Universidade do Grande Rio - UNIGRANRIO e pós graduanda em Terapia Nutricional, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ. No momento, Mariana é Personal Diet, com foco em reeducação alimentar. Trabalha com atendimento nutricional; educação nutricional familiar e programas personalizados. Além disso, a profissional atua na área de produção de alimentos e nutrição clínica hospitalar

SERVIÇOS:

Mariana Raesk – Nutricionista
CRN-4: 15101324

Tel.: (24)98864-8569 / (24)2242-3605

Comentários