quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Bernardo vai zerar filas para cirurgias e exames e levar UPA à Itaipava



“A saúde é a base da vida das pessoas. Melhorar o atendimento na rede pública é urgente. Vamos zerar as filas para cirurgias e exames, pois é inaceitável que as pessoas passem meses sofrendo para conseguir uma cirurgia, ou angustiadas esperando por exames para iniciarem os seus tratamentos. Isso é um sofrimento a mais para o paciente e para toda família, uma desumanidade, que tem sido relatada por pessoas de todos os bairros. Vamos agilizar a entrega de exames que hoje demoram muito para ficar prontos e investir na saúde básica para prevenir o agravamento de doenças” afirma Bernardo Rossi, candidato pela coligação Petrópolis no Coração (PMDB, PP, PSC, PSDC, DEM, PSL, PTC, PRTB, PV, PDT, PEN, PROS, PSDB, PMB, PRP, PTB e PHS).

As propostas de Bernardo Rossi trazem esperança para a dona de casa Lenir Medeiros da Silva, que há meses espera por exames para conseguir diagnóstico e iniciar um tratamento. 

"Eu estou com suspeita de câncer no estômago e não consigo nem iniciar o tratamento, pois aguardo há oito meses para conseguir fazer os seis exames que preciso fazer. Meu marido, que tem 62 anos, há seis meses espera para fazer a cirurgia de hérnia. Não merecemos isso e apostamos no Bernardo para cuidar da gente e da população", afirma Lenir Medeiros da Silva, de 60 anos.

Rose Valéria, de 57 anos, também enfrenta dificuldades para marcar consultas e exames e se preocupa com o risco de ter o trabalho de costureira comprometido com o agravamento dos problemas de saúde.

"É um absurdo o que estamos passando hoje. Tenho síndrome de sjogren, uma doença que afeta a visão e tive que parar de trabalhar. Há sete meses espero para marcar consulta com um reumatologista e cinco meses com um oftalmologista e nem sinal. Estou tentando conseguir com ajuda de amigos, mas não é garantido. O Bernardo precisa mudar isso e sei que ele vai fazer", disse a costureira.

Nesta quarta-feira (26), quando esteve em Itaipava Bernardo reafirmou ainda aos moradores o compromisso de levar uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas ao distrito, que tem hoje uma população de mais de 60 mil moradores. Bernardo destaca que quem vive hoje nos distritos sofre para conseguir atendimento de emergência. “Não é possível que um morador da Posse que precise de um atendimento de emergência tenha que percorrer 36 quilômetros, enfrentando trânsito pesado em muitos horários, para chegar à UPA de Cascatinha. Todas as vezes em que estive em Pedro do Rio, Posse, Araras, Secretário e na região de Itaipava, os moradores falaram desta mesma dificuldade. Vamos resolver este problema. É um compromisso meu levar uma unidade de pronto atendimento 24 horas para Itaipava e reabrir a emergência do Hospital Alcides Carneiro”, afirma.

As propostas de Bernardo para a área de Saúde incluem ainda a ampliação do número de Postos de Saúde da Família, com melhorias na infraestrutura e aumento das equipes dos 37 PSFs existentes hoje no município.

 “As pessoas precisam encontrar atendimento perto de casa. O posto de saúde do bairro tem que ter médico. Por toda cidade as pessoas reclamam porque não existe médico no posto ou porque o município não tem um planejamento para que haja um substituto, quando o médico falta ou entra de férias. No meu governo isso vai mudar. Quando procura o posto de saúde a pessoa tem que conseguir o atendimento”, afirma.

Bernardo acredita que investimentos na saúde preventiva são importantes para reduzir a demanda nas emergências e também as filas para cirurgias e procedimentos mais complexos.

“Sem o tratamento necessário as doenças crônicas acabam gerando outros problemas, que vão impactar as emergências e, muitas vezes aumentar a demanda por cirurgias e procedimentos mais complexos. Vamos ampliar as equipes dos postos de saúde já existentes, melhorar a estrutura dos postos e levar PSFs para os bairros onde a população ainda está desassistida”, assegura Bernardo Rossi.

Nenhum comentário: