Distritos terão polo de urgência e emergência no governo de Bernardo Rossi



População de mais de 45 mil pessoas, os distritos de Itaipava, Posse e Pedro do Rio terão serviço de urgência perto de casa no governo de Bernardo Rossi. Candidato a prefeito pela coligação Petrópolis no Coração, Bernardo Rossi esteve nesta quinta-feira (18.08) em Pedro do Rio conversando com moradores sobre as melhorias que promoverá nos serviços já existentes no distrito e nos vizinhos, Posse e Itaipava. Bernardo é candidato pela coligação (PMDB, PP, PSC, PSDC, DEM, PSL, PTC, PRTB, PV, PDT, PEN, PROS, PSDB, PMB, PRP, PTB, PHS).

“Essa população não pode depender de se deslocar mais de 36 quilômetros para ter um atendimento de emergência no local mais próximo, que é a UPA de Cascatinha, naturalmente já sobrecarregada. Vamos criar o polo em Itaipava, que vai atender toda essa região, e melhorar o que existe em Pedro do Rio e na Posse. Além da atenção básica, com PSFs, a população também tem que ter perto de casa unidades de urgência e emergência”, defende Bernardo Rossi.

Além da criação do polo em Itaipava e da melhoria nos serviços existentes em Pedro do Rio e na Posse, Bernardo Rossi também vai reabrir a unidade de urgência e emergência do Hospital Alcides Carneiro – que hoje atende apenas casos referenciados  -, que também vai atender à demanda dos distritos - e redefinir a rede de emergência da cidade com a qualificação dos profissionais.

“A saúde aqui é muito ruim. Quando precisamos de emergência temos que ir para muito longe e muitas vezes voltamos para casa sem o atendimento. Fora que esbarramos em outro problema de quem vive aqui, que é a falta de transporte. Esperamos no mínimo 45 minutos, quase sempre mais que isso, para pegarmos um ônibus para enfrentar um deslocamento muito ruim, cansativo e ainda com trânsito para irmos para o Centro da cidade”, lamenta Sebastião Lopes da Silva, de 66 anos, que aprovou a criação de um polo com serviço de urgência e emergência para os distritos. “Será muito bom para os moradores não terem que se deslocar para o Centro com tanta dificuldade para casos graves”, comemorou.

Poder contar com uma unidade de emergência e urgência mais perto de casa é um desejo de muitos moradores dos distritos. "É muito desgastante termos que ir até Cascatinha, o mais próximo. Será muito bom ter esse serviço perto", disse o cabeleireiro Luis Vieira, de 66 anos, morador da Posse que trabalha em Pedro do Rio e da moradora do Madame Machado, Maria Auxiliadora, de 68 anos.

“Temos população de quase 300 mil habitantes. Só nos distritos – desde Cascatinha, Itaipava, Pedro do Rio a Posse – são 110 mil pessoas! Temos que oferecer o atendimento de urgência em todos os cantos da cidade e não apenas centralizar no primeiro distrito. Além do serviço de urgência, os distritos também terão atendimento básico, nos PSFs que serão ampliados, e vamos descentralizar a Farmácia Básica passando a oferecer o serviço também nas regiões como Itaipava, Quitandinha e Itamarati”, antecipa Bernardo Rossi.

Comentários