sábado, 30 de julho de 2016

Sérgio Mattos desiste da Prefeitura e PPS define apoio a Bernardo Rossi



O Partido Popular Socialista (PPS) vai apoiar Bernardo Rossi na campanha para prefeito de Petrópolis. Recente na cidade, o PPS estará coligado com o PMDB na majoritária e com outros três partidos na eleição proporcional (para vereador): o PTC, o PRTB e o Pros. Para tentar emplacar um nome na Câmara Municipal, o partido lançou dez candidatos a vereador na convenção partidária, que ocorreu na quinta-feira (28), em Corrêas.

Todos os nomes são novos na política e nunca foram candidatos a cargo elegível. Segundo o presidente do PPS, Sérgio Ramos Mattos, essa era a intenção:

- Todos são novos, mas tentamos lançar os nomes que tem alguma participação em trabalhos sociais. A intenção é montar o partido em Petrópolis com pessoas novas.

Os candidatos do PPS são: Riquinho, vendedor e morador do Bonfim, que deve apresentar plataforma voltada para esportes; Luciano Moreira, contador e morador do Bingen, com alguma participação em conselhos municipais; Guilherme Vitorino, carpinteiro de construção civil, conhecido por trabalhar em blocos de carnaval e participar em trabalhos sociais; Emerson Carvalho, presidente da associação de moradores do Madame Machado, e segurança do fórum de Itaipava; Hugo Leal (não é o deputado federal de mesmo nome) da igreja Ceifa de Itaipava; Francisco Barroso, ex-presidente da associação de moradores de Águas Claras; Wellington Sarmento, empresário na construção civil, morador do Quitandinha; Rosana Machado, única candidata mulher, fotógrafa de Itaipava e organizadora da procissão de São Cristóvão; Waldomir Ribeiro, presidente da associação de moradores de Pedro do Rio; Lauro do Sacolé, vendedor ambulante de Corrêas.

Os partidos coligados ao PPS – PTC, PRTB e Pros – ainda não oficializaram os candidatos.

fonte: Diário de Petrópolis 
Jornalista: Eric Andriolo

Nenhum comentário: