Cresce o número de furtos e roubos em Petrópolis



Nos últimos meses as delegacias têm recebido grandes quantidades de denúncias referentes a furtos de veículos e também de residências. O quantitativo é alto, mesmo com a atuação das polícias. Ao todo, apenas neste início de 2016, até o fechamento do mês de abril de acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), foram nada menos que 719 registros referentes a esta prática registrados nas delegacias do Retiro e Itaipava.

Em março, alguns casos chegaram ao conhecimento do Diário, o que chamou a atenção. O vigilante Flávio Barbosa foi um deles. Ele teve sua moto furtada no início de janeiro, quando havia estacionado nas mediações da academia aonde malha, na Rua Buenos Aires.

O jovem acionou a Polícia Militar, que logo fez buscas pela região. A moto foi achada abandonada em uma rua próxima, a Barão de Águas Claras.- Foi tudo muito rápido. Parei a moto por volta das 19h. Acredito que não tenha ficado nem mesmo 1h30 no local. Quando retornei, haviam levado. Fiquei sem acreditar, até por que não tinha muito tempo que havia adquirido – disse.

 Produtos aprendidos pela PM de furtos em  lojas no Centro Históricos

Me senti aliviado, apesar de sentir na pele a falta de segurança que estamos expostos. Apesar disso, nunca estamos 100% tranquilos, mesmo trancando e realizando todos os procedimentos da maneira adequada no veículo. Os criminosos agem de todas as formas – disse.

Apesar de não serem muito comuns, roubos também acontecem esporadicamente. Foi o caso do auxiliar de serviços gerais Wellington Costa. Em 2014, quando estava em uma festa e saiu durante a madrugada para comprar produtos para a sequência da festividade, foi agredido e roubado.

- Parei em um bar e quando estacionava o veículo, levei uma “paulada”. Parece que quem me bateu, teve cobertura. Os bandidos montaram na moto e fugiram. Fiquei desesperador querendo brigar, mas nem tive como ter reação – contou.

Assim como no caso de Flávio, no de Wellington a moto foi achada poucas horas depois, após acionar os policiais do Departamento de Polícia Operacional, de Cascatinha. O veículo estava abandonado com a placa amassada e dobrada em um beco, na Provisória, atual bairro Esperança.

Número de furtos supera 2015

Apenas no ano de 2016, os mais de 700 casos já superam no quantitativo de ocorrências referentes ao ano de 2015. Neste, foram 651 furtos registrados.  O que diferencia para os outros períodos é o crescimento dos crimes cometidos em residências e estabelecimentos comerciais.

Vale lembrar o caso da última quinta-feira (23). Neste, um grupo de cinco criminosos foi pego, após serem flagrados com produtos furtados nas Lojas Americanas e no Supermercado Extra, ambos no Centro Histórico. Ao todo, foram cerca de 600 produtos dos mais diversos gêneros, entre alimentícios, higiene pessoal e outros. O caso foi registrado na 105ª DP, no Retiro, para onde a quadrilha foi levada.


Polícia prende quadrilhas especializadas em roubos e furtos

Entre os meses de janeiro e março, nada menos que quatro jovens foram presos na região de Itaipava, apontados como responsáveis por 80% dos furtos e roubos de veículos no distrito. As ações foram realizadas em Bonsucesso e em Nova Friburgo.

No dia 19 de janeiro, o primeiro envolvido de 21 anos foi pego em Bonsucesso. O que levou os policiais a capturarem o rapaz, foi um roubo na noite do último dia 15 de janeiro, quando um rapaz foi abordado por uma dupla de criminosos, que saíram da porta de trás de um Volkswagen Bora, de cor branca. Armados, os criminosos o renderam na Estrada União e Indústria, próximo ao restaurante Nucrepe, onde levaram o veículo Cherokee, da marca Chevrolet, e seus pertences. Outros cinco casos parecidos foram encaminhados à unidade e estão sendo analisados pelos agentes.
Apesar de prenderem o jovem, a arma utilizada nas ações não foi encontrada. O rapaz afirmou não ter posse de nenhum revólver.

– Além do antecedente criminal aqui da delegacia, em que foi reconhecido por uma vítima, o autor se enquadra em outro procedimento ao qual ele e o irmão teriam praticado um assalto na área da 105ª DP. Após finalizarmos o procedimento aqui da delegacia, ele será encaminhado para a unidade do Retiro – disse o chefe da delegacia de Itaipava Richard Espíndola.

No dia 17 de fevereiro, uma dupla de jovens de 22 e 23 anos, foram presos por agentes do 30º Batalhão de Polícia Militar, de Teresópolis. Isso ocorreu, após os rapazes roubarem um salão de beleza em Nova Friburgo e levar o carro de uma das clientes do estabelecimento. Na tarde seguinte, as delegacias do Retiro e Itaipava se mobilizaram para trazer a dupla para as unidades, pois os agentes garantem que 80% dos furtos e roubos de veículos na área de Petrópolis, são de autoria destes homens. O carro utilizado na ação em Nova Friburgo teria sido levado na última quarta-feira (16) na Cidade Imperial. A dupla supostamente compunha uma quadrilha. A dupla foi reconhecida em todos os casos citados.

fonte: Diário de Petrópolis

Comentários