Carbografite recebe prêmio da FIRJAN por projeto de gestão ambiental


A Carbografite, de Petrópolis, foi uma das premiadas pelo Sistema FIRJAN nesta quarta-feira, 1º de junho, com o Prêmio FIRJAN de Ação Ambiental. A homenagem é feita as empresas do estado do Rio em reconhecimento as ações de gestão e desenvolvimento sustentável que vão além das obrigações legais.  A cerimônia foi realizada na sede da FIRJAN, no Centro do Rio.

A indústria instalada em Itaipava foi premiada na categoria Relação com Públicos de Interesse pelo desenvolvimento do Projeto Água que tem o objetivo de promover educação ambiental com a população, a fim de estimular escolas e estabelecimentos comerciais a disseminarem o conceito de desenvolvimento sustentável. O Projeto já alcançou mais de 38 mil pessoas, distribuiu 25 mil cartilhas pedagógicas e promoveu o plantio de nove mil espécies de árvores nativas da Mata Atlântica, reflorestando 81 mil metros quadrados.

“É maravilhoso ter este projeto reconhecido, pois ele acontece de verdade. É uma iniciativa de quem acredita que esta ação é eficaz. Numa época de crise como a atual, esta é a última coisa que as empresas pensam em fazer. A manutenção deste projeto é uma questão de honra e orgulho para empresa”, garantiu a diretora de comunicação do Projeto Água, Sylvia Firmeza.

“É um trabalho ímpar de educação ambiental. Espero que seja reconhecido e sirva de exemplo para outras empresas também. Que façam coisas parecidas ou se juntem a nós”, completou.

Na Fazenda Projeto Água são desenvolvidos quatro programas (Água é Vida, Reflorestamento, Horta Escola e Jardim dos Sentidos) que trabalham a educação ambiental pensando na conscientização e a instrução da sociedade sobre a importância de preservar, economizar e recuperar os recursos hídricos e ambientais.

O Prêmio FIRJAN Ação Ambiental também foi entregue a outras quatro empresas: Águas de Juturnaíba, Fernandes Maciel Construtora, Laboratórios B. Braun e Mel de Teresópolis. Além disso, a Braskem e a Hi-Tech, instalada no município de Comendador Levy Gasparian, receberam menções honrosas. A ideia da Federação é reconhecer o empenho do setor produtivo na busca por soluções criativas e eficazes que vão além das obrigações legais ligadas ao meio ambiente.

“Esse prêmio tem o objetivo de mostrar as boas práticas ambientais da indústria em prol da sustentabilidade, que podem trazer benefícios de longa duração”, disse o diretor executivo de Operações do Sistema FIRJAN, Alexandre dos Reis. Ele aproveitou para lembrar as ações ambientais propostas pelo Mapa do Desenvolvimento (2016-2025), lançado pela Federação no último dia 30. Para os próximos dez anos, o documento propõe medidas como a ampliação do acesso à rede de coleta e tratamento de esgoto, a destinação correta e o reaproveitamento de resíduos e a garantia de disponibilidade de água no Rio de Janeiro. O mapa foi construído por mais de mil empresários e envolveu os 92 municípios fluminenses, com o objetivo de fazer do estado do Rio o melhor ambiente de negócios do Brasil.

Menção Honrosa

A Hi-Tech Indústria Química, empresa instalada no município de Comendador Levy Gasparian, recebeu menção honrosa com sua Linha Biossustentável Inteligente, que otimiza e torna mais sustentável o processo de lavagem de suas peças. O resultado é uma economia de até 83% do consumo de água utilizada no processo e, na mesma proporção, na geração de efluentes. A empresa atua na fabricação de produtos químicos e equipamentos de última geração para lavanderias industriais e beneficiamento têxtil.

Crédito das foto: Renata Mello