Calçada repleta de mato obriga moradores a andar na rua no Quitandinha



ESPAÇO DO LEITOR: 

Vejam o depoimento da leitora Cledir Abreu. Vale ressaltar que a Prefeitura fechou um contrato de coleta de lixo e capina de R$ 78 milhões com uma empresa pernambucana. Um dos mais caros do país. 

“Bom dia. Não sou de Petrópolis. Sou de Paraíba do Sul, mas tenho uma filha estudando aí na UFF do Quitandinha e não dá para ir e voltar, por isso ela  está ficando numa pousada próxima da Faculdade, porém estou no desespero porque a rua que ela como outras alunas tem que percorrer está muito perigosa devido a altura do mato. Já apelei para a COMDEP e alguns vereadores. Só a COMDEP não me respondeu. A Rua é Afrânio de Melo Franco 355 no Quitandinha. No que puder ajudar eu agradeço. Desde já agradeço.” 

Este não é o primeiro pedido de capina para esta rua que publicamos. Agora, é torcer para que a alguém do governo faça a lição de casa antes que algo grave aconteça. Afinal, ganham muito bem para isso.