domingo, 13 de março de 2016

População paga R$ 3,50 para aturar atrasos e ‘quebra-quebra’ no transporte público



Em meio às críticas relacionadas ao constante ‘quebra-quebra’ dos ônibus urbanos, a CPTrans e o gabinete do prefeito permanecem em silêncio. Além da viação Petro Ita, que conquistou nas redes sociais o status de “hors concours”, a viação Cascatinha também garantiu seu lugar entre as empresas mais criticadas.

Moradores dos bairros Boa Vista e Vale do Carangola, comunidades prejudicadas nos últimos dias pela quebra de ônibus da viação Cascatinha, começaram a ensaiar um pedido de licitação nas redes sociais. Mas não vai rolar...

A prefeitura prorrogou por mais dez anos o contrato das empresas de ônibus Petro Ita, Cascatinha e Cidades das Hortências.


Não se esqueça de agradecer ao prefeito em outubro. 

foto: Boa Vista - 10/03/16


Nenhum comentário: