quinta-feira, 24 de março de 2016

Polícia fecha depósito de gás e apreende 182 botijões em Petrópolis



A Polícia Civil de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, apreendeu 182 botijões de gás de cozinha em um depósito clandestino no Quitandinha. O material foi encontrado após uma denúncia sobre a venda ilegal dos botijões. O dono do local fugiu, chegou a ser perseguido, mas não foi localizado. Ele foi excluído da Polícia Militar, mas se identificava como agente aos seus funcionários.

Segundo informações da delegada adjunta da 105ª Delegacia de Polícia, Juliana Ziehe, os policiais verificaram um caminhão descarregando 60 botijões de gás. Ao entrarem no local, encontraram outros 122, acondicionados de maneira precária.

“O material foi encaminhado para uma empresa autorizada, que possui espaço adequado para armazenamento. Instauramos um Inquérito policial em nome do dono do local, que, quando fugiu, deixou a carteira de policial cair”, explicou a Juliana Ziehe.

Segundo ela, o homem será enquadrado na lei contra a ordem econômica, que possui pena de detenção de 1 a 5 anos.

fonte: G1

Um comentário:

JOSE OSCAR URSULA disse...

O PROCOM OU QUALQUER ÓRGÃO COMPETENTE, DEVERIAM INVESTIGAR O MONOPÓLIO DO GÁS EM PETRÓPOLIS, POIS AQUI PAGAMOS R$ 65,00 EM UMA BOTIJA DE GÁS , E EM TRÊS RIOS A MESMA CUSTA R$ 49,00.