quarta-feira, 23 de março de 2016

Moradores do Meio da Serra buscam ajuda para denunciar problemas da comunidade



Moradores da comunidade São Francisco, no Meio da Serra, em Petrópolis, RJ, denunciam o estado de abandono do bairro.

Lideranças locais procuraram o gabinete da vereadora Gilda Beatriz (PMDB), para denunciar e buscar uma solução junto ao poder executivo para os problemas enfrentados pela comunidade.

Segundo a vereadora, a Rua Euclides de Oliveira que recebeu há poucos meses a extensão da linha de ônibus 413 (Lopes Trovão), em um quilômetro, atendendo cerca de 200 famílias, corre o risco de ficar isolada.

“Na última quinta-feira fui procurada em meu gabinete por moradores que relataram a situação do bairro, na sexta-feira (18), enviei minha equipe para verificar e o que encontramos é preocupante. O trecho da Rua Euclides de Oliveira próximo à mina está cedendo a cada chuva forte e além do perigo para moradores que vivem abaixo do nível da rua temos a possibilidade de a comunidade ficar isolada. É preciso uma pequena obra de contenção que pode representar muito para essas famílias. A comunidade é privilegiada por ter um campo de futebol, um espaço que está completamente abandonado, tomado pelo mato e ainda é de barro. Os moradores sonham com a construção de uma área de lazer, por isso, estarei fazendo está Indicação. O local também precisa de recapeamento em diversos pontos e asfaltamento em um trecho ainda de barro, assim como capina e roçada em toda extensão da rua. Existe apenas uma lixeira para toda comunidade que ainda não tem rede de esgoto. Outro pedido dos moradores é a troca de lugar de dois postes na entrada da rua que dificultam a manobra do ônibus desde que o local passou a ser atendido pelo transporte público”, pontua a vereadora, destacando que estará oficiando o Poder Executivo através da Secretaria Municipal de Obras e a Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep). Além das concessionárias  Ampla  e  Águas do Imperador, sobre os problemas encontrados.



A comunidade possui quase 600 residências. Dessas, 200 ficam na parte de baixo da Vila São Francisco.



“Mais acima outros dois problemas chamam a atenção. A Escola Municipal Geraldo Ventura Dias precisa com urgência de capina dentro de suas dependências, o pátio está sendo tomado pelo mato, representando um perigo aos  estudantes. A situação precária do Posto de Saúde do Meio da Serra que está com as paredes mofadas, cheio de infiltrações, cerca quebrada e fiação exposta também é preocupante. A população do Meio da Serra está sentindo que foi abandonada pelo poder público”, completa Gilda Beatriz, que é vice-presidente da Comissão de Saúde e também vice-presidente da Comissão de Defesa da Educação da Câmara de Vereadores.







2 comentários:

Vanda Sueli disse...

A Horta está literalmente jogada ás traças, mato na escola, mato no posto de saúde, esse posto está um lixo, não tem internet a 2 meses, não tem bebedouro. não tem cadeiras p/ os idosos e etc... sentarem, já postei fotos mostrando, veio aqui em agosto passado um vereador, tirou muitas fotos e só deu um bolo de papéis, e até agora já se passaram 7 meses e NADA, NADA E NADA ACONTECEU,,, SÓ PROMESSAS E BLÁ BLÁ BLÁ, SÓ VÃO LEMBRAR DE NÓS NA CAMPANHA ELEITORAL!!! Affffffffffffffff, SÓ A GILDA BEATRIZ P/ NOS AJUDAR!!!

Vanda Sueli disse...

A Horta está literalmente jogada ás traças, mato na escola, mato no posto de saúde, esse posto está um lixo, não tem internet a 2 meses, não tem bebedouro. não tem cadeiras p/ os idosos e etc... sentarem, já postei fotos mostrando, veio aqui em agosto passado um vereador, tirou muitas fotos e só deu um bolo de papéis, e até agora já se passaram 7 meses e NADA, NADA E NADA ACONTECEU,,, SÓ PROMESSAS E BLÁ BLÁ BLÁ, SÓ VÃO LEMBRAR DE NÓS NA CAMPANHA ELEITORAL!!! Affffffffffffffff, SÓ A GILDA BEATRIZ P/ NOS AJUDAR!!! AGRADECEMOS DESDE JÁ!...