Prefeito de Três Rios nega reajuste solicitado de R$2,40 e mantem passagem a R$1,75



Após criteriosa análise do processo enviado pelas empresas Transa Transporte Coletivo e Viação Progresso, o Governo Municipal decidiu não acatar a solicitação de reajuste do valor da tarifa do transporte em todo o município.

O Executivo justifica a negativa diante do aumento do volume de passageiros, detectado nos últimos anos, já que as empresas, concessionárias do transporte municipal, foram diretamente beneficiadas com o real crescimento de Três Rios.

- Entendemos que existem os custos fixos das empresas, como salários, impostos, depreciação do capital, combustível, desgaste de peças, pneus e etc, mas por outro lado, nos últimos seis anos, a cidade viveu a chegada de 2.036 novas empresas e consequente abertura de 10.300 novos postos de trabalho, ocupados na grande maioria por usuários de transporte coletivo. E, neste momento, em que a economia brasileira necessita da contribuição de todos, o meu papel como gestor é manter uma política justa de preços para que o cidadão possa manter sua garantia de empregabilidade e possibilidade de locomoção. Muitas empresas, inclusive, utilizam a tarifa de ônibus como critério ao definirem sua instalação no município, já que o valor incide diretamente na folha de pagamento, que vai definir o número de contratações. Valorizo o trabalho de qualidade prestado pela Transa e Progresso e não resta dúvidas de que o maior beneficiado é o cidadão trirriense, com este pacote de bons serviços e preços justos. - declara o Prefeito Vinicius Farah.

No dia 19 de fevereiro de 2009, o governo municipal decretou a redução da passagem de ônibus para R$ 1,50. Na ocasião, foi solicitado aumento do valor para R$ 2,15, no entanto, após análise feita pelo Mestre em Engenharia e Projetos da UFRJ, Gilmar Silva de Oliveira, não era justificável o aumento do custo e sim uma redução.

Em 2012 foi concedido reajuste de R$0,10 e em 2015 a passagem passou para R$ 1,75 permanecendo até este momento como uma das tarifas mais baixas do Estado.

Os mesmos critérios se aplicam ao valor da tarifa de Bemposta, cuja população foi historicamente discriminada pelas empresas, já que o custo de transporte de funcionários moradores no Distrito, incidia negativamente nas folhas de pagamento.

Governo sempre atento às demandas do setor

Mototaxistas são legalizados em 2010

O Governo Municipal iniciou o processo de legalização da profissão mototaxista em 2010, com o credenciamento dos profissionais que foram rigorosamente vistoriados pelo Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) órgão diretamente ligado à secretaria de Ordem Pública, criado no Governo Vinicius Farah. Em julho do mesmo ano, o prefeito entregou aos mototaxistas o alvará de funcionamento.

Os credenciados fizeram cursos de direção defensiva e primeiros socorros, exames psicotécnicos, além de todas as exigências legais. 

Para o prefeito Vinicius Farah todo este processo se fez necessário para que a categoria recebesse dignidade e o cidadão passasse a utilizar apenas o serviço legalizado.


Novo Terminal Rodoviário - O Governo trabalhando para maior conforto dos usuários

O transporte coletivo de Três Rios passou a contar desde maio de 2013 com um novo terminal rodoviário que atende a todas as linhas urbanas municipais.

Com instalações apropriadas para receber diariamente cerca de 18 mil usuários, o terminal na Avenida Condessa do Rio Novo, funciona com embarque e desembarque de passageiros no período de quatro horas da manhã até meia-noite, de segunda-feira a domingo. 

Vinte e três linhas atendem todos os bairros diariamente, com o primeiro horário oferecido às 04h30 e o último às 23h30.

Com arquitetura moderna e adequada aos padrões de acessibilidade, piso em porcelanato, assentos para 100 pessoas, painéis de televisores de 46 polegadas com programa de informações de horários de ônibus e serviços, fraldário, banheiros masculinos e femininos, guichês para compra de passagens, bebedouros e central de apoio, o novo Terminal é monitorado 24 horas com câmeras e viatura da Guarda Municipal baseada no local.

-Tudo isso vem ao encontro do atual momento de crescimento de Três Rios e a mobilidade urbana é um desafio no qual estamos focados desde o início do governo -, afirmou o prefeito Vinicius Farah, lembrando de outras ações já realizadas, como a implantação do Novo Plano Viário, a construção do viaduto sobre a linha férrea da Praça Salim Chimelli, a legalização do serviço de vans, a padronização da frota de taxis e treinamentos constantes da Guarda Municipal na aplicação das legislações de trânsito.

Comentários