quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Vereadora pede a construção de um muro de contenção no Vale do Carangola



Uma barreira que atingiu a Rua Waldemar Vieira Afonso, no Vale do Carangola, ameaça dezenas de casas desde as fortes chuvas da madrugada do dia 17/01.

Protegida por uma “barreira dinâmica”, a comunidade ainda aguarda a remoção das rochas e pedras após o deslizamento. O caso foi levado por moradores ao gabinete da vereadora Gilda Beatriz.

“Após receber um pedido de ajuda de membros da comunidade em meu gabinete, visitei o local para conferir a situação. A estrutura metálica suportou todo o peso e cumpriu seu papel. Mas após um mês, é preciso uma nova intervenção para resolver de vez o problema. A área possui pedras que já rolaram e outras que, poderão romper a tela de proteção e colocar em risco dezenas de famílias que se encontram abaixo do nível da rua, na servidão Cesar Machado (Vila Santa Avelar Diogo)”, conta.

A Defesa Civil emitiu laudo técnico sobre a periculosidade do desmoronamento de pedras no local.

“Oficiei a Secretaria Municipal de Obras com cópia para Defesa Civil, é a oportunidade para resolver este problema antes das próximas chuvas”, completa. 

Nenhum comentário: