Vereadora Gilda Beatriz quer retirada de poste instalado no meio da calçada



O simples direito de ir e vir está cada vez mais difícil na Rua Galdino Pimentel, no bairro Capela, em Petrópolis, RJ. Pedestres reclamam que passam aperto em vários pontos da via, que além de
estreita, está obstruída por um poste. A situação foi denunciada a vereadora Gilda Beatriz, presidente da Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência e do Idoso da Câmara Municipal, que oficiou a Ampla, concessionária de distribuição de energia elétrica que atua no Estado
do Rio de Janeiro.

“Não é a primeira vez que recebo denuncias com tamanha falta de respeito – cheguei a conseguir a mudança de local de um poste em 2014 em situação parecida – o que não falta no município são exemplos de vias inóspitas para os pedestres, principalmente com mobilidade reduzida. Este poste foi colocado recentemente, forçando os moradores idosos, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, a ter que passar pela rua desrespeitando afrontosamente as Leis de acessibilidade, que garantem o direito de ir e vir de todo cidadão”, explica a vereadora.

Comentários