População começa 2016 enfrentando fila em busca de atendimento em Petrópolis



Durante 2015, acompanhamos em Petrópolis uma tentativa infeliz do governo municipal de colocar na conta dos governos federal e estadual, os principais problemas enfrentados em nossa cidade. 

O prefeito, coitado! Não sabe de nada, o dinheiro para manutenção das UPAs ainda aguardo a documentação que comprove que o governo municipal não imaginava onde estaria sendo depositado. 
A crise dos remédios é culpa do governo federal. A falta de médicos e profissionais, provavelmente é culpa minha. A falta de leite especial para pessoas (especialmente crianças), diagnosticadas com alergia alimentar, é culpa do Lex Luthor. 

O caos no Pronto Socorro, pergunte ao pessoal que ocupa cargo comissionado no governo, perguntem aos veículos que não oferecem destaque ao sofrimento enfrentado pela população, APESAR DO ESFORÇO E A DEDICAÇÃO DOS PROFISSIONAIS. 

Um detalhe: Está é a fila para atendimento de ortopedia, dia 04 de janeiro, caos já denunciado ao Ministério Público em 2015 pela vereadora Gilda Beatriz, quando mais de 400 pessoas aguardavam na fila. 

Mas a culpa nunca é da Prefeitura, a culpa é do Coringa, Loki ou da Bruxa do Mar, eles administram um orçamento de R$ 250 milhões para saúde, e ainda não disseram onde foram gastos os três milhões referente ao cancelamento dos carnavais 2013, 2014 e 2015, dinheiro para saúde, certo?