quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Moradores reclamam da dificuldade para conseguir atendimento através do WhatsApp da COMDEP



A irregularidade na coleta de lixo e entulho é um problema cada vez mais comum no município. Uma questão de saúde pública, moradores da Rua Quissamã, no bairro Quissamã, questionam uma placa colocada pela Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (COMDEP), que não indica um local para o descarte do entulho e qual procedimento deve ser seguido. 

Apesar do novo contrato da empresa terceirizada responsável pela coleta de lixo incluir o recolhimento de entulho, ou seja, pagamos um contrato de R$ 78 milhões também para este serviço. 

A destinação final do entulho é de responsabilidade do construtor e/ou proprietário da obra. Diz o Código de Posturas que “os entulhos de obras, construções e reformas são de responsabilidade da fonte geradora, cabendo à mesma o acondicionamento, o transporte e a sua destinação final, sem que comprometa a limpeza pública e o meio ambiente”.

Através das redes sociais, são muitas as reclamações sobre falta de informações e a dificuldade no atendimento pelo telefone 2292-9500 ou pelo WhatsApp 9 8881-0099. Para tentar ajudar a comunidade, tentamos contato através do “WhatsApp da COMDEP”, sem sucesso até o final desta matéria. 







Nenhum comentário: