DEFESA CIVIL BUSCA COOPERAÇÃO TÉCNICA COM AGÊNCIA DA ALEMANHA



Petrópolis começa 2016 com a possibilidade de mais uma parceria internacional na área de prevenção de desastres naturais. Depois do Japão e da Argentina, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, busca firmar uma cooperação técnica com a Alemanha. Em dezembro, uma comitiva da Agência de Cooperação Internacional Alemã (GIZ) esteve em Petrópolis e visitou a sede da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, dando início às conversas entre os dois órgãos, com o objetivo de trocar experiências sobre medidas preventivas.

Para o secretário de Proteção e Defesa Civil, essa é mais uma oportunidade para Petrópolis aprender com órgãos internacionais sobre prevenção de desastres das chuvas. “Esse foi o primeiro encontro. O primeiro passo foi dado. Agora vamos buscar concretizar essa parceria, já que a GIZ é uma instituição com competência técnica na prevenção de desastres naturais e atua em diversos países. Com certeza, temos muito o que aprender com eles. É uma determinação do prefeito Rubens Bomtempo que a Defesa Civil invista em prevenção. Temos avançando muito nesse sentido nos últimos três anos e queremos continuar avançando”, disse o secretário Rafael Simão.

Representante da GIZ, Olaf Handloegten afirmou que acredita que o convênio será efetivado em 2016. Ele ainda elogiou Petrópolis por ter conquistado, em 2014, o certificado de Cidade Resiliente da Organização das Nações Unidas (ONU). O título representa o reconhecimento internacional às ações de prevenção de desastres naturais realizadas pela Prefeitura.

“Petrópolis é um município conhecido internacionalmente não só por conta da sua história e do turismo, mas também por conta da questão da prevenção de desastres. Nós já tínhamos tomado conhecimento que Petrópolis teve o reconhecimento da ONU por conta disso. E hoje conhecemos um pouco mais das ações de Petrópolis nessa área. Foi importante essa troca de experiências, então queremos aprofundar isso em 2016”, disse Olaf.

Ficou definido que, nos próximos meses, haverá uma videoconferência entre os representantes dos dois órgãos, além da troca de e-mails, para que a parceria possa ser concretizada, com a definição de como será esse convênio.

Outras parcerias internacionais – A parceria entre governo brasileiro e a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) teve início em 2013, terá quatro anos de duração e tem o objetivo de reduzir os desastres naturais em Petrópolis, Nova Friburgo e Blumenau (SC). Desde o início da parceria, diversos técnicos japoneses já estiveram em Petrópolis, e seis técnicos da Prefeitura já estiveram no Japão. Com base nas reuniões técnicas entre os dois países, a Jica vem elaborando manuais para os três municípios sobre quatro eixos: mapeamento de risco; planejamento urbano; alertas antecipados; e obras de reabilitação e prevenção.

Outra parceria internacional firmada pela Prefeitura foi com o município argentino de San Martín, no fim de 2015, para o fortalecimento da resiliência das duas cidades. O intercâmbio, com duração de seis meses, prevê a troca de experiências e visitas de técnicos entre as Defesas Civis dos dois municípios.

Comentários