quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Confirmadas 790 ocorrências entre deslizamentos, inundações e alagamentos em Petrópolis



Boletim da Defesa Civil (21/01/2016 – 18h30)

A Secretaria de Proteção e Defesa Civil informa que já são 790 ocorrências de deslizamentos, inundações e alagamentos registradas pelo telefone 199 desde sexta-feira (15). Não houve vítimas ou feridos. São 95 imóveis interditados por técnicos da Defesa Civil, por não oferecerem segurança para os moradores. São 150 famílias desalojadas – 529 pessoas, que estão na casa de parentes.

O município está em situação de emergência, como decretou o prefeito Rubens Bomtempo na noite de terça-feira (19), devido à quantidade de ocorrências e à previsão que as chuvas continuem até domingo. O índice pluviométrico mais alto registrado foi na 24 de Maio, onde choveu 80 milímetros nas últimas 24 horas. A Defesa Civil opera no estágio de atenção.

A Prefeitura destaca que o Centro Histórico e a rota turística da cidade não foram atingidos pelas consequências das fortes chuvas dos últimos dias. Pontos turísticos funcionam normalmente.

Base em Pedro do Rio – Para agilizar o atendimento às ocorrências e à população, a Prefeitura montou uma base em Pedro do Rio, na Escola Municipal Monsenhor João de Deus, já que as principais ocorrências foram nos distritos de Pedro do Rio e Posse. O prefeito Rubens Bomtempo coordena pessoalmente no local as ações de resposta às chuvas.
Na base em Pedro do Rio, a Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac) realiza o cadastro social das famílias atingidas pelas chuvas dos últimos dias, para que cada caso seja analisado e receba a assistência necessária. No local, a população também pode solicitar vistorias da Defesa Civil, no caso de não conseguir telefonar para o 199, e solicitar da Comdep limpeza de vias.

A Secretaria de Obras e a Comdep seguem diariamente nas ruas para a desobstrução de vias.

199 – No caso de qualquer sinal de instabilidade na casa ou no terreno, o morador deve ligar para a Defesa Civil, pelo telefone 199, e solicitar uma vistoria. A ligação e o serviço são gratuitos.

Vias interrompidas – Por conta de deslizamentos em vias públicas, há linhas municipais de ônibus sem operação: Cândido Portinari (103); Rua das Pedras – Santa Isabel (470); e Santo Antônio – Posse (717). Já a linha Posse dos Coqueiros - Fagundes (707) opera por meio de baldeação. As linhas com alteração de itinerário e ponto final são: Barão de Águas Claras (112); Roseiral (516); e a Albertos-Jurity.

Nenhum comentário: