Vereadora volta a cobrar regularidade na coleta de lixo em Petrópolis


Gilda Beatriz fez vários alertas e cobrou uma solução para a infestação de ratos nas comunidades durante 2015

A irregularidade na coleta, consequentemente o acúmulo de lixo nas ruas de Petrópolis, Região Serrana do Rio, é um dos maiores motivos de queixa entre moradores nas comunidades do município.

Preocupada com esta questão de saúde pública, a vereadora Gilda Beatriz, vem oficiando o poder executivo e chamando a atenção da população durante as sessões plenárias no decorrer do ano, para as consequências da falta do serviço de coleta de lixo, limpeza, e recolhimento de entulho, de responsabilidade da empresa terceirizada Locar.  

– Diante da falta de fiscalização do poder executivo, contratante da empresa de coleta, descobri um dos motivos da irregularidade: Caminhões compactadores ficam parados em um terreno na BR-040 aguardando para levar o lixo para outro município. Enquanto isso, a precariedade no serviço prejudica a população petropolitana por falta de mais carretas para transporte. Durante todo ano cobrei a COMDEP, responsável pelo acompanhamento da empresa terceirizada, e a própria Locar, moradores de diversas comunidades estão enfrentando problemas relacionados à irregularidade ou a falta de coleta de lixo. A empresa pernambucana atua no município desde o início deste governo, e atualmente recebe mais de R$ 3 milhões por mês para fazer a coleta e a manutenção nos bairros. A população tem todo direito de cobrar um serviço de qualidade – pontua a vereadora.

Preocupação com infestação de ratos nas comunidades.

O acúmulo de lixo nas ruas e nas coletoras atrai animais transmissores de doenças como ratazanas e baratas. Os detritos ainda causam mau cheiro e, muitas vezes, colocam em risco as águas de rios próximos, além de atrapalhar a passagem de automóveis.

– Desde maio, venho oficiando o poder executivo para convocar imediatamente os profissionais aprovados no último concurso. Hoje, a prefeitura conta apenas com oito agentes de controle de zoonoses, para atuarem tanto no controle no intradomiciliar, quanto no meio ambiente. São muitas as reclamações de coleta irregular de lixo, acumulo de entulho e falta de capina em diversas comunidades que tenho percorrido através de denúncias que recebi no gabinete e pelas redes sociais. Este problema agrava a infestação de ratos e ainda cria outros – completa.