sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Reforma na Escola Municipal Jandira Bordignon é paralisada



Denunciada pelas péssimas condições pela vereadora Gilda Beatriz, vice-presidente da Comissão de Defesa da Educação, a Escola Municipal Jandira Bordignon, no Quitandinha, teve suas obras paralisadas pelo governo municipal. 

“Em abril deste ano vistoriei e constatei o péssimo estado da escola, que ia além da falta de conservação: era também um perigo para alunos, professores e funcionários. Após a minha denúncia as obras foram iniciadas. Na última quinta-feira (17) estive lá mais uma vez e confirmei novas denúncias: obras paralisadas há quase 3 meses. A empresa contratada foi parando aos poucos, diminuindo o número de operários, de material... Até que pararam totalmente. Segundo informações, o problema maior está na laje que não suporta o 2º pavimento necessitando de cálculo estrutural e intervenções, e por isso alegam a paralisação das obras. Além disso, a pessoa que alugou a casa para a prefeitura para onde os alunos foram transferidos, não recebeu 1 real sequer de aluguel! Isso há 4 meses! Após uma reunião com pais, fui procurada por alguns deles e por isso dou essa satisfação a vocês. Agora estou oficiando a Secretaria de Educação para que os alunos possam retornar à sua escola o mais rápido possível”, explica a vereadora. 

O projeto de reforma da Escola Municipal Jandira Peixoto Bordignon foi apresentado em abril de 2014, a previsão de início das obras foi para o segundo semestre do mesmo ano. A instituição atende 430 crianças da educação infantil ao 9º ano do ensino fundamental.

Nenhum comentário: