Habita Mais é modelo para outros estados



A experiência bem sucedida do Habita Mais, a primeira feira imobiliária destinada exclusivamente ao servidor público do país, está chamando a atenção de governos estaduais que estão buscando junto à Secretaria de Estado de Habitação o know how para execução do programa em seus estados. Nesta quinta-feira (29.10), o secretário de Estado de Habitação do Maranhão, Adilon Léda Filho, foi recebido pela equipe da Secretaria de Estado de Habitação responsável pelo programa que culminou com a feira, realizada dias 19 e 20 de setembro, no Rio, atraindo 18 mil servidores públicos da capital e de 19 municípios onde havia estoque imobiliário disponível.

“Impressionante, neste momento de crise, o público que o Habita Mais reuniu no Rio de Janeiro e os resultados em vendas além do caráter de ser um programa voltado para o funcionalismo”, afirmou Adilon Léda, apontando que o interesse do governo maranhense é realizar um programa em moldes semelhantes no estado nordestino usando a experiência bem sucedida do Rio de Janeiro. Ele esteve na secretaria de Habitação do Governo do Rio acompanhado de Cauê Avila Aragão, chefe da assessoria jurídica da Secretaria de Estado das Cidades, do Maranhão. Também participaram do encontro o diretor do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Rio, Roberto Lira, e o superintendente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro (Ademi-RJ), Murillo Alevante. As entidades são parceirias, ao lado da prefeitura do Rio, do Governo do Estado na execução do programa habitacional.

O Habita Mais – que segue com condições especiais para os servidores públicos até o dia 20 de novembro - movimentou, no final de semana do evento, R$ 40 milhões. O programa no entanto, é válido por dois meses a partir da realização da feira. As 27 construtoras participantes oferecem descontos no valor dos imóveis. Cada uma delas também apresenta ao comprador benefícios como apartamentos mobiliados, isenção de taxas como ITBI e pagamento de escrituras. Os quatro agentes financeiros que estão associados ao programa – CEF, BB, Santander e Bradesco – oferecem taxas de financiamento especiais para os servidores públicos.

Para o secretário de Estado de Habitação do Rio, Bernardo Rossi, o objetivo do programa está sendo plenamente cumprido. “Servidores estão tendo a oportunidade de realizar o sonho da casa própria e o mercado da construção civil sentiu aquecimento com o Habita Mais. Estamos já planejando a continuidade do programa e as próximas edições da feira”, antecipa.

As condições especiais para os servidores válidas até o dia 20 de novembro podem ser conferidas no site www.habitamais.rj.gov.br. Na página, os servidores acessam a listagem de imóveis, as construtoras participantes e os bancos que atuam no programa como agentes financiadores. Nos sites dos bancos é possível simular o financiamento.

Comentários