Vereadora anuncia que elevador da loja da Oi volta a funcionar



Na última semana, a vereadora Gilda Beatriz (PMDB), utilizou as redes sociais para abordar um tema que a maioria dos espaços públicos e privados tem em comum: falta de acessibilidade. A vereadora lutou por quase dez meses pelo funcionamento de um elevador da Loja da Oi, localizada na Rua Marechal Deodoro, Centro, em Petrópolis, Região Serrana do Rio.

“Desde o início deste ano venho lutando pelo funcionamento do elevador da Loja da Oi de Petrópolis. Encaminhei denúncia ao Ministério Público de tutela da pessoa com deficiência e do Idoso, ao Procon, e também a própria Oi. No caso do Ministério Público a denúncia somou-se a reclamações de outros usuários com deficiência, mobilidade reduzida e/ou idosos que se sentiam lesados em seu direito de resolver pessoalmente demandas envolvendo a operadora de serviços de telefonia. Agora, finalmente a reforma do elevador foi concluída e as pessoas que têm dificuldades em acessar a Loja da Oi poderão agir com a autonomia que têm direito! Faço questão de divulgar isso, porque é a prova inconteste de que temos que reclamar, denunciar, fiscalizar e cobrar para que as mudanças que queremos realmente aconteçam”, pontua a presidente da Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência e do Idoso, vereadora Gilda Beatriz.

A falta de acessibilidade é uma das principais responsáveis por limitar a circulação de deficientes físicos e pessoas com mobilidade reduzida, como idosos e gestantes, o que acaba por segregá-los e, até mesmo, torná-los dependentes de terceiros.

Comentários