Secretaria de Saúde ALERTA sobre GOLPE em hospitais da Rede Municipal



A Secretaria de Saúde emitiu ontem um alerta para a ação de falsários em hospitais da rede municipal de saúde. A secretaria pede a pacientes e seus familiares que não forneçam dados pessoais ou façam qualquer pagamento a pessoas que se identifiquem como funcionárias de alguma unidade de saúde da rede para fazer cobranças.

“Todos os atendimentos na rede municipal de saúde são feitos pelo Sistema Único de Saúde e, portanto são gratuitos. Quem receber algum tipo de ligação deve procurar a delegacia e fazer a queixa”, ressaltou o secretário de Saúde, André Pombo.

No mês passado, um familiar de um paciente internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no Hospital Alcides Carneiro (HAC) foi vítima do golpe. A ligação e a conta para onde a família depositou o dinheiro era de Mato Grosso do Sul. “Infelizmente a família nos procurou depois que já tinha depositado o dinheiro. A parente nos informou que pelo telefone o golpista se passou por um funcionário do hospital pedindo dinheiro para comprar um medicamento, alegando que não havia o remédio na unidade”, contou o diretor administrativo do HAC, Aloísio Pinheiro.

Medidas para preservar os pacientes e os familiares estão sendo tomadas. Entre elas a proibição do fornecimento de informações, por telefone, dos nomes de pacientes e outros dados pessoais. “Os nossos funcionários estão sendo orientados a não passar qualquer tipo de informação por telefone. Nas últimas semanas temos recebidos muitas ligações de pessoas procurando informações dos nossos pacientes, para evitar que essas informações estejam sendo repassadas a golpistas não estamos mais fornecendo por telefone”, explicou.

Comentários