Petrópolis terá ação para marcar o Dia de Prevenção ao Suicídio



O mês internacional da prevenção ao suicídio, que tem como marca a cor amarela, será celebrado em Petrópolis, Região Serrana do Rio, na próxima quinta-feira (10.09), através da “Campanha Municipal Setembro Amarelo – Dia de Prevenção ao Suicídio”, Lei 7326/15, de autoria da vereadora Gilda Beatriz (PMDB), acompanhando o calendário da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Nesta quinta-feira (10), estarei ao lado da minha equipe no calçadão do CENIP das 10h às 17h, panfletando e conversando com a população sobre a prevenção ao suicídio. Um ato complexo, cuja causa mais comum é um transtorno mental e/ou psicológico que pode incluir depressão, transtorno bipolar, esquizofrenia, alcoolismo e abuso de drogas. Com essa lei, objetivamos alertar a sociedade, para identificar possíveis sintomas, tratar e promover o acompanhamento de pessoas que apresentem problemas psicológicos ou que já possuem algum tipo de comportamento suicida. Além de contribuir para a redução dos casos de suicídios no nosso município”, explica a vereadora Gilda Beatriz.
Setembro chegou e, com ele, uma corrente de incentivo à vida.

“Apesar de não haver uma lei, o Ministério da Saúde publicou recentemente portaria que obriga os hospitais públicos e privados a informar os serviços municipais de saúde, em até 24 horas, sobre tentativas de suicídio atendidas”, acrescenta Gilda Beatriz.

Segundo a OMS, mais de 800 mil pessoas cometem suicídio por ano no mundo. Cerca de 75% dos suicídios ocorrem em países mais pobres ou em desenvolvimento. A cada 40 segundos, alguém tira a própria vida em algum lugar do globo. No Brasil, em que 11.821 pessoas praticaram o ato no período do relatório (2012), ocorre um suicídio a cada hora, o que coloca o país no oitavo lugar em números absolutos, atrás de Índia (258.075), China (120.730), Estados Unidos (43.361), Rússia (31.997), Japão (29.442), Coreia do Sul (17.908) e Paquistão (13.377).

Fonte: OMS

Comentários