Protetores lançam campanha contra abandono e maus tratos de animais em Petrópolis, RJ



Uma campanha que visa conscientizar os cidadãos sobre a realidade dos maus tratos a animais foi lançada na última sexta-feira (28.08), no Calçadão do CENIP, no Centro de Petrópolis, Região Serrana do Rio. A iniciativa foi do grupo de trabalho “Eu apoio a causa animal” organizado pela vereadora Gilda Beatriz (PMDB), com o apoio da Comissão de Proteção e Defesa aos Animais da OAB Petrópolis, 3ª Subseção.

“Com panfletos, orientações e muito amor, esta campanha conseguiu sensibilizar as pessoas que passaram pelo Centro, mas nossa grande vitória é a corrente cada vez maior de pessoas comprometidas com a luta em prol dos animais. Uma conquista deste grupo formado por pessoas que dedicam suas vidas a causa”, comenta a vereadora.

Para a dona de casa Solange dos Anjos, 45 anos, é obrigação do poder público proteger os animais, mas a população pode e deve fazer sua parte.

“Há cinco anos resgatei um cachorro vítima de maus tratos, cuidei e depois consegui um bom lar. Agora, com a orientação que recebi, sei que deveria ter realizado um Boletim de Ocorrência. Muitas pessoas passam pela mesma situação e não sabem como agir, por isso aprovo a iniciativa”, explica.

Exemplos de Maus Tratos

Abandonar, espancar, golpear, mutilar, envenenar, manter preso permanentemente em corrente, manter em locais pequenos e anti-higiênicos, não abrigar do sol, da chuva e do frio, não dar água e comida diariamente, obrigar a trabalho excessivo ou superior a sua força, capturar animais silvestres, promover violência, como rinhas de galo, de cães, farra-do-boi, etc.

“Para realizar a denúncia de maus tratos é necessária à apresentação do maior número possível de provas, como: fotos, vídeos, documentos e/ou testemunhas. A denúncia poderá ser realizada pessoalmente, por telefone ou por e-mail. A identificação não é obrigatória, mas é importante que a pessoa disponibilize uma forma de contato ou não terá credibilidade e corre-se o risco de não ser realizada”, pontua a presidente da Comissão de Proteção e Defesa aos Animais da OAB Petrópolis, Elisabeth Amorim.

 “Qualquer delegacia é obrigada a realizar um Boletim de Ocorrência contra maus tratos de animais. É preciso refletir antes de adotar um animal e se informar sobre os cuidados necessários que ele precisa, o dono é o responsável legal pelo animal. Temos que buscar o controle populacional dos pets e a redução do abandono, o mais comum dos tipos de maus tratos registrados, que é um crime previsto com pena de detenção e multa, segundo a Lei Federal 9.605/98. Os animais tem voz, a nossa! Hoje demos mais um importante passo, mas a luta não para”, completa a vereadora Gilda Beatriz.

Telefones Úteis

Ouvidoria/Linha Verde do IBAMA: 0800-61-8080
105º DP: 2242-2566
106º DP: 2232-0135
Corpo de Bombeiros: 193
Curral de Apreensões (para animais de grande porte): 2222-7560
Coordenadoria de Bem-Estar Animal: 2246-9140 / 2246-8962
e-mail: smacobea@petropolis.rj.gov.br
Comissão de Proteção e Defesa aos Animais da OAB/RJ-Petrópolis: 2243-3890
Ministério Público Estadual: 2249-3582