PDT e PSDB dão pontapé inicial nas articulações políticas em Petrópolis, RJ


De olho nas eleições 2016, José Bonifácio, Jamil Sabrá Neto, presidente municipal do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Luiz Paulo Corrêa, presidente Regional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB – RJ), Fred Procópio, presidente municipal do PSDB e Ramon Melo, deram o ponta pé inicial nas articulações políticas entre tucanos e a turma do lá, lá, lá, lá lá Brizola. 

Vale lembrar que Fred Procópio, jovem promessa da política local, declarou em primeira mão a nossa página – em 2014 – que o PSDB local tem planos de lançar candidato próprio no próximo pleito. “O PSDB saiu maior e mais forte deste processo eleitoral e com o diretório municipal não poderia ser diferente, apresentaremos nomes capazes de constituir o executivo e o legislativo para o pleito de 2016 na cidade. Há muito que fazer e estamos prontos para assumir tais responsabilidades”, pontuou o presidente. 

Outra jovem promessa de renovação para política local, Jamil Sabrá Neto coordenou a campanha do pai, Nelson Sabrá, ex-deputado estadual (1983/1987) e deputado federal constituinte (1987/1991), na corrida por uma cadeira na Câmara Federal em 2014, terminando a disputa com 16.015 votos. 

Aos 68 anos, existe no cenário político a expectativa sobre o posicionamento de Nelson Sabrá em relação ao lançamento do filho nas eleições 2016, será chegada a hora de “passar o bastão” que carrega o legado político iniciado pelo ex-prefeito Jamil Sabrá em 1976? Algo me diz que em breve teremos a resposta. 

Uma aliança entre PSDB e PDT pode criar uma terceira via e por fim as esperanças de polarização da disputa entre Bernardo Rossi (PMDB) e Rubens Bomtempo (PSB).