terça-feira, 11 de agosto de 2015

Contas do SEHAC são bloqueadas por dívida de R$21 mi do governo passado



Uma dívida de R$ 21 milhões deixada pelo ex-prefeito Paulo Mustrangi com o INSS levou ao bloqueio das contas do Serviço Social Autônomo Hospital Alcides Carneiro (SEHAC). O débito é referente aos anos de 2009, 2010, 2011 e 2012, quando os antigos gestores, embora tenham descontado da folha de pagamento de funcionários os valores referentes ao INSS, não efetuaram o pagamento dos valores devidos ao instituto.

Ao todo, quase R$ 930 mil foram bloqueados pela justiça.

“É preciso ter responsabilidade na gestão pública. Estamos trabalhando arduamente para garantir à população petropolitana um sistema de saúde com qualidade, mais humanizado. O problema é que, a todo momento, somos obrigados a arcar com despesas herdadas da antiga administração. É difícil resolver essas questões. Estamos, mais uma vez, tendo que nos desdobrar para pagar dívidas que nós não fizemos. Vamos pagar pela irresponsabilidade da antiga gestão”, criticou o secretário de Saúde, André Pombo.

O secretário ressaltou que o governo municipal está buscando um entendimento com a Previdência Social, para renegociar a dívida e ter a liberação da conta do Sehac. “Esperamos ter sucesso nesta negociação, garantindo a liberação da conta. É importante lembrar que, apesar disso, estamos conseguindo manter o pagamento dos funcionários em dia. Não podemos deixar que essa herança impacte no funcionamento do hospital, principalmente no trabalho das nossas equipes”, finalizou.

Via Ascom
O espaço esta aberto a nota oficial de todos os citados. 
blogdoeduardoferreira@gmail.com

Nenhum comentário: