quarta-feira, 19 de agosto de 2015

ANTT regulamenta transporte de vans e garante transporte para turismo de compras em Petrópolis



Tranquilidade nas viagens para mais de 100 mil pessoas que buscam anualmente o turismo de compras em Petrópolis e que movimentam mais de R$ 30 milhões mensais -  em seus três grandes polos de moda e lojas pulverizadas por toda a cidade – está garantida com a regulamentação do transporte interestadual de passageiros. Já está em vigor o cadastramento de condutores de vans e veículos do gênero. A nova resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) está vigente e permite viagens interestaduais e internacionais de até 540 quilômetros em veículos que oferecem menos de 20 assentos.

A nova norma foi apresentada pelo coordenador de fiscalização da ANTT, Marcelo Bavier, ao deputado estadual licenciado Bernardo Rossi (PMDB) nesta terça-feira (18.05). Em abril, Bernardo Rossi intermediou reunião entre Bavier e os presidentes das entidades que representam o comércio petropolitano, Marcelo Fiorini e Claudia Pires, pedindo urgência na nova regulamentação. A fiscalização da ANTT, nos três primeiros meses do ano, chegou a punir vans e similares de pequeno porte que traziam compradores a Petrópolis. Veículos chegaram a ser multados e até apreendidos.

O turismo de compras movimenta mais de R$ 30 milhões mensais em 1.200 lojas da Rua Teresa e Bingen, 390 pontos de vendas da Feirinha de Itaipava, além dos mais de três mil pontos comerciais entre Centro Histórico e distritos.

“O turismo é um dos pilares da economia de Petrópolis e o turismo de compras um importante e tradicional nicho no setor. É preciso facilitar a vinda de compradores gerando emprego e renda em nossa cidade”, comemora Bernardo Rossi. A notícia foi repassada a Marcelo Fiorini, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis e à Claudia Pires, presidente da Associação da Rua Teresa.

De acordo com levantamento da ANTT, 3.719 empresas estão habilitadas a oferecer o serviço no Brasil e 25.551 ônibus estão autorizados. Por ano, são mais de 308 mil autorizações de viagens interestaduais e a expectativa é que, a partir de agora, esse número cresça ainda mais devido à possibilidade de uso dos micro-ônibus e vans. Condutores de vans autônomos e empresas devem procurar os órgãos emissores de licença de circulação para o cadastramento.
Marcelo Fiorini comemorou a nova regra e a tranquilidade garantida aos compradores. No auge da fiscalização, metade dos compradores que chegava à cidade em veículos fretados deixou de se dirigir a compras em Petrópolis. “A resolução da ANTT veio em uma excelente hora, pois o comércio petropolitano terá o movimento de clientes de regiões como a zona da mata mineira, que poderão voltar a se organizar em grupos e consumir nas lojas, especialmente dos polos de moda do Bingen e da Rua Teresa”, afirmou Marcelo Fiorini.

Para Claudia Pires, importante a divulgação entre os condutores de vans e as empresas a retomada das viagens tranquilas para a Rua Teresa. “Maravilhoso ter as novas regras em vigor. A imposição e uso de veículos maiores estava trazendo muito prejuízo e até hoje havia uma retração de 30% da vendas. Hoje, por comodidade, se usa muito mais vans e veículos de pequeno porte do que ônibus grandes”, aponta.

Nenhum comentário: