quinta-feira, 30 de julho de 2015

Vereadora denuncia irregularidade na placa que indica quantidade de pessoas levadas nas charretes em Petrópolis, RJ.



Uma tradição antiga em Petrópolis, RJ, as vitórias — como são chamadas as charretes na Cidade Imperial — tem sido alvo de críticas e movimentos através das redes sociais, incluindo até pedidos de encerramento da atividade por parte da população e também de defensores contrários a utilização de animais em passeios turísticos. Uma denúncia levada a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), pela vereadora Gilda Beatriz (PMDB), chamou a atenção novamente para o tema.

“Já que esse serviço continua em nosso Município, que pelo menos respeitem as normas estabelecidas. Dentre tantas irregularidades comprovadas contra os animais, temos duas que se referem aos cavalos das vitórias. Pelo art. 48 do Decreto 1.016/2012, as vitórias só podem transportar 4 (quatro) passageiros e um condutor. Só que a placa fixada na área de embarque de passageiros diz 6 (seis ) mais o condutor. Aonde está a CPTrans? O que está faltando para que a informação dada seja a correta? Enquanto isso, quantas pessoas são transportadas nas vitórias? Outro problema, é que existe um charreteiro que vem largando, sua vitória todos os dias, quando se encerra seu expediente. Quem passar a noite na rua do Museu Imperial poderá ver. Isso também vai contra às normas. Mandei um ofício à CPTrans, solicitando providências urgentes” pontua a vereadora, líder do grupo de trabalho formado por protetores dos animais.

Os charreteiros são os responsáveis diretos pela manutenção da saúde e manejo adequado dos animais, mas cabe a Coordenadoria do Bem-Estar Animal, ligada à prefeitura, a fiscalização. 

Nenhum comentário: