quinta-feira, 16 de julho de 2015

Moradores do bairro Madame Machado reclamam de irregularidade na coleta de lixo



Desde o início de 2015, uma das principais queixas de nossos leitores tem sido a respeito da falta de coleta lixo nas comunidades.

Moradores da Rua 28 de abril, no bairro Madame Machado, em Petrópolis, também reclamam da falta de coleta de lixo. A Empresa Pernambucana de Engenharia e Construções ltda. (Empesa) e a Locar Projetos Ambientais ltda., conquistaram o “contrato do lixo” com um único lance de R$ 78.282.259,38 por 24 meses, quase o valor máximo do processo, que era de R$ 80.325.081,12,. 

O repasse mensal equivale a R$ 3.261.927,47. Segundo a Prefeitura, cerca de 50 outras empresas haviam retirado o edital, mas não compareceram. 

As duas empresas já atuavam no município. A Locar já vinha fazendo o serviço de coleta de lixo em Petrópolis desde janeiro de 2013 e a Empesa operava o aterro sanitário. 

Nenhum comentário: