Hospital de Petrópolis, RJ, oferece diagnóstico de câncer de mama



Com o objetivo de fazer o diagnóstico e planejar o tratamento das pacientes com câncer de mama, o Hospital Alcides Carneiro (HAC) está implantando no Centro de Imagem um novo serviço, de Radiologia Mamária para Diagnóstico e Procedimentos Invasivos de Mama. Os procedimentos começaram a ser realizados no fim de junho e 21 pacientes já foram beneficiadas. A medida coloca o HAC em destaque no trabalho pela implantação de uma política ainda mais eficaz no rastreamento e tratamento da doença.

O prefeito Rubens Bomtempo destacou a importância da ampliação dos serviços oferecidos no HAC. “Este é mais um passo que damos na direção da humanização do atendimento na rede municipal de saúde. Com a oferta destes novos exames e procedimentos vamos qualificar ainda mais o atendimento no HAC e garantir às pacientes da rede pública um serviço de qualidade”, disse.

A ginecologista e mastologista do HAC, Marilda Plácido, lembrou que a oferta dos exames na própria unidade de saúde facilita a vida dos pacientes. “O principal ganho é a praticidade, já que as pacientes não têm que deixar o hospital para recorrer a outros centros de diagnóstico. Além disso, o município garante uma economia significativa, uma vez que, antes, o serviço era terceirizado. A integração e a possibilidade de comunicação direta com a médica radiologista que realiza os procedimentos também representam ganhos para a equipe da mastologia”, disse.

Ao todo são quatro procedimentos: biópsia percutânea com agulha grossa - "ou core biópsia" -guiada por ultrassonografia; marcação pré-cirúrgica de lesões impalpáveis; marcação de nódulo pré-quimioterapia neoadjuvante; e punção aspirativa por agulha fina (PAAF). “Estamos oferecendo um serviço de qualidade para as pacientes, proporcionando procedimentos específicos de mama dentro do próprio hospital em conjunto com a equipe de mastologia”, ressaltou a médica especialista em Radiologia Mamária pelo INCA, Karuline Catein.

Para a dona de casa Amanda Cristina Mayworm, de 37 anos, fazer o procedimento no próprio hospital é mais prático para as pacientes. “Descobri o nódulo há dois meses e estou fazendo todos os procedimentos e consultas aqui no Hospital Alcides Carneiro. Tudo está sendo bem rápido”, disse.

A presidente da Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos (APPO), Ana Cristina Coelho Mattos, também comemorou a instalação dos novos serviços e ressaltou que a praticidade para as pacientes é o maior ganho. “É uma vitória para a oncologia da nossa cidade”, frisou.

As pacientes que passam pelo procedimento são encaminhadas pela rede municipal de saúde, por meio dos ambulatórios e postos de saúde. “Estamos estruturando todo o serviço para avançar no diagnóstico precoce. É importante que as mulheres façam o exame clínico das mamas e a mamografia para que o tratamento não comece em um estágio avançado. É importante lembrar que o diagnóstico precoce possibilita um tratamento menos agressivo e aumenta as chances de cura. Muitas mulheres ainda resistem a buscar o diagnóstico e acabam descobrindo a doença em estágio avançado”, concluiu Marilda.