Engenheiros, arquitetos e técnicos da Habitação formam núcleo de prevenção



Decisivos em apoio emergencial e preventivo em ações causadas por desastres naturais, engenheiros e arquitetos da Companhia Estadual de Habitação (Cehab) estão sendo treinados em curso específico de Defesa Civil para atuar, formalmente, em um núcleo formado pela Secretaria de Estado de Habitação, a qual o órgão é subordinado, no amparo de projetos habitacionais de prefeituras de todo o estado e de socorro em casos emergenciais.  O treinamento para o corpo técnico formado por 47 profissionais da área lotados na Cehab iniciou nesta quinta-feira (02.07) com o Curso Básico em Proteção e Defesa Civil (CBPDEC) ministrado por especialistas da Secretaria de Estado de Defesa Civil parceira na formação do programa e do núcleo. A meta é que o grupo, ligado à Habitação, seja modelo para outros órgãos estaduais.

“A capacidade técnica da Cehab é o diferencial da Companhia. São arquitetos e engenheiros responsáveis por projetos importantes em habitação e infraestrutura com a expertise necessária para que o núcleo haja com sucesso no objetivo pelo qual está sendo formado”, destacou o secretário de Estado de Habitação, Bernardo Rossi, na abertura do curso.

No total, entre técnicos da Cehab e do Instituto de Terras e Cartografia (Iterj), autarquia vinculada à pasta de Habitação, estão sedo formados 79 integrantes. Eles irão compor o Núcleo de Redução de Risco de Desastre que terá duas frentes de trabalho: prevenção com riscos de desabamentos, inundações e outros incidentes derivados de alterações climáticas e no socorro o caso de desastres naturais.  Cursos avançados também serão ministrados para os componentes do Núcleo e a capacitação será replicada em todo o Estado em uma segunda fase que se inicia logo após o treinamento.

O núcleo é consequência de um acordo de cooperação firmado em março entre Habitação e Defesa Civil. Estão previstos distribuição de material informativo e palestras em todos os municípios que solicitarem campanha de esclarecimento.

“Tenho entusiasmo pelo programa porque eu mesmo, como engenheiro, atuei em socorro à Petrópolis na enchente de 1988, uma das piores registradas no país. E participei de um grupo que orientou a interdição de muitos imóveis para garantir a vida das pessoas naquele momento. Hoje, o núcleo nasce com a proposta de também fazer a prevenção acompanhando projetos e dando assistência técnica às prefeituras”, destacou o presidente da Cehab, Thadeu Galvani.

Na abertura do treinamento, o Diretor do Departamento Geral da Secretaria de Estado de Defesa Civil, coronel Paulo Renato Vaz, voltou a destacar que a Habitação tem peso fundamental na Política Nacional de Defesa Civil. A moradia é fator decisivo para caracterizar a segurança de áreas e a prevenção deve unir estas duas pastas”, frisou.

Comentários