Câmara Mirim das Escolas Particulares será realizada hoje às 16 horas



A 2ª edição do Projeto Câmara Mirim das escolas particulares  será realizada hoje, às 16 horas, no Plenário da Casa Legislativa. O projeto tem como objetivo construir cidadãos mais conscientes e interessados em política, além de oferecer aos estudantes uma oportunidade de conhecer na prática o funcionamento do Legislativo Municipal.

Os alunos foram selecionados por meio de redações que falaram sobre os problemas de Petrópolis, ou do bairro onde o aluno mora. Além das preocupações dos vereadores-mirins, as redações também trouxeram sugestões para solucionar esses problemas. Foram abordados temas como limpeza e capina de ruas, melhorias no transporte público e no trânsito de um modo geral, solução para animais domésticos abandonados, construção de bicicletários, melhoria no policiamento, construção de academias da 3ª idade e reflorestamento.

Já os bairros que apareceram nas redações foram: Centro, Roseiral, Quissamã, Alto da Serra, Pedro do Rio, São Sebastião, Castelânea, Centenário e Nova Cascatinha.

Foram selecionados Phillip Costa Ioras Hoelz, Laís Eduarda Silveira de Andrade, Laura Baltar da Silva, Gabriel Barbosa Borges Garcia, Ana Carolina Barcellos Spala, Flora Moreira de Souza Soares Couto, Júlia Leite Carius, Heloisa Wayand Machado, Maria Luiza Lopes Forster, Ana Carolina Fernandes Spielmann, Lucas Rosalles da Silva, Laisa Cristina de Souza Pereira, Luara Vaz Braga, Eric Soares Corrêa Martins, Laura Maria Pereira de Souza, Bruna Nogueira da Silva, Lauro Frossard de Souza, Gabriela Guelber Magrani, Letícia Ponciano de Mattos, Arthur dos Santos Cordeiro.

Os 20 alunos cursam do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, das seguintes escolas: CEPEC, Escola São Tomás de Aquino, Bom Jesus Canarinhos, Escola Lápis de Cor, Escola Sesi, Colégio Santa Isabel, Escola Crescer, Escola Part. São Judas Tadeu, Centro Educacional Krimberg, Colégio de Aplicação UCP, Colégio Ipiranga e Cenecista de Pedro Do Rio.

O presidente da Câmara Municipal, Vereador Paulo Igor (PMDB), explica melhor o projeto: “o Câmara Mirim aproxima os estudantes do Legislativo e desperta neles o interesse pela política. Os alunos recebem informações sobre as funções do vereador e o papel do Poder Legislativo na cidade. Embora os selecionados vivenciem a rotina de um vereador, o projeto é bem mais abrangente que isso. Eles entendem desde cedo o papel de cada um dos poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e aprendem como eles funcionam na prática”.

O projeto permite que os estudantes conversem com vereadores e façam debates de ideias em plenário. Os diplomados participam de uma sessão plenária, em que elegem a Mesa Diretora, apresentam seus Projetos de Lei e fazem a votação das matérias.

Após a sessão, os “vereadores mirins” são levados à sede da prefeitura, onde são recebidos pelo prefeito. Durante a audiência, eles entregam em mãos ao Chefe do Executivo as indicações aprovadas na plenária mirim.

FOTO: Edição realizada no final de 2014, com alunos das Escolas Particulares. Crédito: José Paulo - CMP