segunda-feira, 29 de junho de 2015

UPA do Centro, em Petrópolis, ficou sem médico neste domingo



Fonte G1: Quem foi procurar atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Centro de Petrópolis, Região Serrana do Rio, neste domingo (28), foi surpreendido pela falta de médico. Foi o caso de Paulo Almeida, de 64 anos, que por volta das 14h foi até o local com a irmã que estava passando mal. Ele foi informado pela recepcionista que não havia médico de plantão. Os pacientes são direcionados para outras unidades de saúde.

“A atendente me disse que só tinha médico no Cascatinha e no Bingen. Isso é um absurdo. Minha irmã estava passando mal, não tinha nenhum aviso na porta, tivemos que ir embora. Além disso, a cidade está lotada por causa da Bauernfest e não tem médico?”, questionou Paulo. A equipe de reportagem do G1 entrou em contato com a unidade por telefone e confirmou a falta de médicos na unidade desde a manhã deste domingo.

“A atendente me disse que só tinha médico no Cascatinha e no Bingen. Isso é um absurdo. Minha irmã estava passando mal, não tinha nenhum aviso na porta, tivemos que ir embora. Além disso, a cidade está lotada por causa da Bauernfest e não tem médico?”, questionou Paulo. A equipe de reportagem do G1 entrou em contato com a unidade por telefone e confirmou a falta de médicos na unidade desde a manhã deste domingo.

Segundo Paulo, o local estava vazio, com poucos carros e sem movimento. “Quando eu cheguei até comentei com minha irmã que estava estranho porque nunca vi tão vazio”, afirmou.
A reportagem do G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura por telefone e por e-mail, e aguarda um posicionamento sobre o problema.

Nenhum comentário: