PM reforça policiamento turístico já a partir desta quinta-feira



 O esquema de policiamento ostensivo da Polícia Militar será reforçado em áreas turísticas da cidade a partir desta quinta-feira (04.06) quando tem início a alta temporada de inverno. O compromisso do comandante do 26° Batalhão de Polícia Militar, coronel Marcelo Quinhões, com o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor (PMDB), foi firmado na véspera da audiência pública que tratará do assunto nesta quarta-feira (03.06). “O comandante se comprometeu a implementar já a partir desta semana um esquema especial de policiamento em áreas com maior concentração de turistas, como o Centro Histórico e a região de Itaipava”, explica Paulo Igor. 

Durante a alta temporada de inverno -  a cidade recebe mais de 400 mil visitantes. somente para o feriado de Corpus Christi  hotéis e pousadas do Centro Histórico já registram taxa de ocupação de 90%. "Petrópolis é uma cidade turística o ano todo, mas recebe um fluxo maior de pessoas na temporada de inverno, por isso teremos um esquema de trabalho voltado para este público” completa Quinhões. 

 A expectativa de movimento para o período é grande também por conta da 26ª edição da Bauernfest – Festa do Colono Alemão, que acontecerá entre 26 de junho e 5 de julho. Eventos, como os festivais de inverno, que oferecem uma programação com shows, espetáculos teatrais, e apresentações artísticas, que acontecem em julho também ajudam a aquecer a economia. Os eventos culturais atraem turistas, que ocupam os 4.100 leitos existentes na rede hoteleira e movimentam a cidade.

 “É importante que haja uma união de todos os envolvidos e que medidas sejam adotadas para que as pessoas se sintam seguras para visitar a cidade. Convidamos autoridades municipais, estaduais e federais da área de segurança e também entidades ligadas ao setor de turismo, como o Conventions Bureau e o Sindicato das Empresas do Comércio. A temporada de inverno é o momento em que hotéis, pousadas, o comércio e todo setor de serviços têm um bom movimento. No ano passado, a cidade recebeu 215 mil turistas durante os 10 dias da Bauernfest. Os hotéis e pousadas tiveram 97% de ocupação. Não podemos permitir que a economia da nossa cidade seja comprometida em um momento tão importante como a temporada de inverno”, pontua Paulo Igor.



Segurança nos acessos à cidade também será discutida em audiência nesta quarta



O reforço na segurança para usuários da BR-040 durante a temporada de inverno, também será discutida em uma audiência pública nesta quarta-feira (03.06) na Câmara de Vereadores. A reunião  convocada por Paulo Igor e pelo presidente da Comissão de Segurança, vereador Reinaldo Meirelles (PTB), foi marcada no mês passado por conta da preocupação com os casos de violência que vêm sendo registrados  no trecho da rodovia que corta a Baixada Fluminense e com os possíveis reflexos disso no movimento de turistas em Petrópolis.

“Nos preocupam também os repetidos casos de assaltos a ônibus de linhas intermunicipais que vêm ocorrendo. No mês passado foram dois casos. Esta semana tivemos notícia de mais um. Algo precisa ser feito em relação a isso”, disse Paulo Igor.  

 Entre os convidados para a audiência pública estão representantes das polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar, de Petrópolis e de municípios da Baixada, além do secretário municipal de Segurança, Luiz Cláudio Calixto Barbosa; do presidente da Concer, Pedro Jonsson, e de representantes de entidades como os Ministérios Públicos Federal e Estadual, a OAB- Petrópolis.

Além de convocar a audiência pública o  presidente da Câmara de Vereadores encaminhou, no mês passado, ofícios à Secretaria de Estado de Segurança, pedindo reforço no policiamento ostensivo em vias de acesso à BR-040, na Baixada Fluminense, e à Superintendência da Polícia Rodoviária Federal, para garantir a segurança de motoristas que transitam diariamente na estrada que liga o Rio de Janeiro e Petrópolis.

 “A BR-040 é a principal via de acesso à Petrópolis, mas ela corta uma área crítica, na Baixada Fluminense. Precisamos de mais policiamento não só na região da baixada, mas também no trecho da Serra. Outra medida importante é a instalação de câmeras de monitoramento ao longo da rodovia e nas entradas e saídas da cidade. A intenção é que reunindo todas as autoridades possamos buscar soluções que deem mais segurança aos usuários da rodovia e tranquilidade àqueles que querem visitar Petrópolis”, explica Paulo Igor.

O documento enviado à PRF solicita também aumento da fiscalização ao longo dos 40 quilômetros de subida e descida da Serra, por onde transitam em média 65 mil veículos diariamente. “Entre os usuários da rodovia estão muitos  petropolitanos que estudam e trabalham na capital e que precisam fazer este percurso. Os casos de assaltos que vêm ocorrendo com frequência em ônibus que fazem linhas intermunicipais nos preocupam muito. As repetidas ocorrências, com abordagem sempre na região da Baixada, mostram que é preciso não só um reforço no policiamento ostensivo das Polícias Militar e Rodoviária Federal, mas também uma ação por parte do setor de inteligência das policias. É preciso que todos os agentes envolvidos discutam o assunto, apontem o que pode ser feito, e trabalhem juntos”, avalia o presidente da Comissão de Segurança, vereador Meirelles.

Comentários