terça-feira, 23 de junho de 2015

Denúncia feita ao Ministério Público é levada ao conhecimento do COMDEMA



No início de junho, uma nova vistoria ao curral de apreensão da cavalaria da Guarda Civil de Petrópolis, apontou irregularidades. A visita ao local, que fica em Itaipava, foi feita pelo grupo de trabalho organizado pela vereadora Gilda Beatriz (PMDB) e protetores dos animais.

Gilda Beatriz denunciou ao Ministério Público a construção de uma subestação de distribuição de gás para Itaipava da Companhia Estadual de Gás (CEG), dentro do curral de apreensão. Na última quinta-feira (18), a legisladora levou o fato ao conhecimento do COMDEMA.

“Na reunião do Conselho Municipal de Meio Ambiente, levei ao conhecimento dos conselheiros e demais presentes, a denúncia que protocolei no Ministério Público, bem como o requerimento de informação que encaminhei à Prefeitura com relação às obras da Subestação de Gás Natural que será implantada no curral de apreensão municipal. Trocamos informações importantes sobre as questões ambientais em nosso Município. Agora está com o Ministério Público. Vamos acompanhar”, pontua a vereadora.

Às obras foram iniciadas em 25 de abril deste ano, e no local não havia nenhuma placa indicando a intervenção. No curral de apreensão está em curso, a obra de reforma por determinação do Ministério Público.

Nenhum comentário: