quinta-feira, 28 de maio de 2015

Prorrogado prazo para inscrições de alunos no projeto “Câmara Mirim”



Criado em 2001 com o objetivo de construir cidadãos mais conscientes e interessados na política, e oferecer aos estudantes uma oportunidade de conhecer na prática o funcionamento do Legislativo municipal, o projeto “Câmara Mirim”  teve as inscrições prorrogadas até o dia 5 junho. Podem participar alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental. Os interessados devem redigir uma redação tendo como tema os problemas da cidade, ou do bairro em que os mesmos residem. As inscrições devem ser feitas pela direção da escola no endereço eletrônico  projetosespeciais@cmp.rj.gov.br .  A 21ª edição do projeto, voltada para alunos da rede pública, será realizada no fim do mês de junho. 

“O “Câmara Mirim” aproxima os estudantes do Legislativo e desperta neles o interesse pela política. Os alunos recebem informações sobre as funções do vereador e o papel do poder Legislativo na cidade. Embora os selecionados vivenciem a rotina de um vereador, o projeto é bem mais abrangente que isso. Eles entendem desde cedo o papel de cada um dos poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e aprendem como eles funcionam na prática”, explica o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor (PMDB).

Com a ampliação do projeto para alunos da rede particular, no ano passado, em 2015 o projeto até então voltado para alunos da rede pública, terá agora quatro edições. Duas delas destinadas a estudantes da rede pública e duas para alunos da rede particular - uma para cada segmento por semestre.

O projeto permite que durante dois dias os estudantes  conversem com vereadores e façam debates de ideias em plenário. “Este é um projeto de construção de cidadania. O “vereador mirim” aprende como se desenvolvem as relações entre o poder público e a comunidade. Esta experiência permite que os jovens avaliem o papel do vereador, sua importância para a comunidade e contribui para que no futuro eles saibam o que devem cobrar a cada um dos poderes”, pontua Paulo Igor.

Os diplomados participam de sessão plenária, em que elegem a mesa diretora, apresentam seus projetos de Lei, defendem ideias e fazem a votação das matérias.

"Participando deste projeto os jovens desenvolvem uma leitura própria sobre a política. O projeto “Câmara Mirim” aproxima os alunos do Legislativo, e desperta neles o interesse e a consciência política. Mais do que abrir espaço para que eles apresentem suas ideias, a intenção do projeto é formar cidadãos mais conscientes, capazes de desenvolver uma visão critica da política”, considera Paulo Igor.

Após a sessão, os “vereadores mirins” são levados à sede da prefeitura, onde são recebidos pelo prefeito. Durante a audiência eles entregam em mãos ao chefe do executivo as indicações aprovadas na plenária mirim. “A experiência de edições anteriores mostra que os estudantes que participam do projeto saem motivados a inovar e transformar politicamente a realidade. O resultado deste projeto vem sendo muito positivo. Os conhecimentos aqui transmitidos, e a experiência adquirida como “vereador mirim” contribuem significativamente para a construção da cidadania dos jovens petropolitanos", destaca o presidente.

No primeiro semestre as edições do projeto “Câmara Mirim” acontecem em junho com alunos da rede pública, e em julho com estudantes da rede particular. Outras duas edições serão realizadas no segundo semestre de 2015.    

Nenhum comentário: