quarta-feira, 27 de maio de 2015

Pelo menos 10 animais foram mortos na Vila Felipe



Quem vive na Servidão Rubens Domingos da Silveira, no Vila Felipe, está apreensivo com a frequente morte por envenenamento dos animais de estimação. Só esse ano eles contabilizam que, pelo menos, 10 cães e gatos morreram no local. 

O balconista Carlos Renato Severino, de 32 anos, teve quatro gatos envenenados esse ano. O outro ele disse que teve que dar para uma amiga, para não perdê-lo da mesma forma. “Aqui é comum, por exemplo, estarmos descendo a escadaria pela manhã e encontrarmos os animais mortos”, contou ele, pedindo que alguma providência seja tomada para que a situação seja resolvida. Já Juliana Maria Pires, de 52 anos, contou que tinha 9 gatos e, desses, três morreram. 

Além disso, ela perdeu um cachorro esse ano também. “Eu e meu marido tínhamos saído e quando chegamos à noite vimos o cão agonizando. No dia seguinte ele morreu”, relatou. Na última semana, ela disse que tinha um gato morto na vala da servidão. A moradora contou ainda que já chegou a ver veneno na escadaria misturado em carne moída e no arroz. Ela lembrou também que, em certa ocasião, um cão dela foi queimado com óleo quente. 

Claudia Campos de Oliveira, de 53 anos, mora há mais de 30 anos na servidão e disse que já teve vários animais mortos. O último foi uma cachorrinha que morreu no carnaval. “Ela chegou em casa com a boca espumando, estava vomitando, babando e gemendo”, contou. Agora, Claudia só tem um cachorro, mas, por precaução, disse que ele fica preso. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, Coordenadoria de Bem-Esta animal precisa de pistas sobre os crimes para poder identificar o autor. A atuação d órgão consiste em notifica o responsável, buscando regularização da situação resolvendo o problema. A denúncias podem ser feita pelo telefone: 2246-9140

fonte: jornal Tribuna de Petrópolis

Nenhum comentário: