domingo, 31 de maio de 2015

Município arrecada R$ 35 milhões do Imposto Predial em quatro meses



A Prefeitura fechou o 1º quadrimestre de 2015 com resultados positivos para Petrópolis no cumprimento das metas fiscais: arrecadação de 67% do total de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) previsto para todo o ano; investimento de 35% dos recursos municipais na Saúde – enquanto a legislação prevê o mínimo de 15%; e a primeira colocação na Região Serrana em ranking do Ministério Público Federal sobre transparência. 

Ontem, na Câmara Municipal, a secretária de Controle Interno, Rosangela Stumpf, apresentou aos vereadores o balanço das receitas e das despesas do município nos primeiros quatro meses do ano. “Esse é um processo importante para o município, em que a Prefeitura apresenta à Câmara a cada quatro meses detalhes do que arrecadamos e investimos nesse período. Os dados que apresentamos mostram os rumos que o governo Rubens Bomtempo vem dando à administração municipal, com prioridade à Saúde, estímulos ao contribuinte para o pagamento de débitos e fortalecimento da transparência das contas municipais”, disse Rosângela.

Em relação ao IPTU, foram R$ 35,5 milhões arrecadados em quatro meses, o que representa 67% do total previsto para o ano. Esse resultado positivo foi fruto das campanhas realizadas pela Secretaria de Fazenda no início do ano para o pagamento do IPTU e para a regularização de débitos de anos anteriores, com descontos para pagamento à vista e sorteio de carro zero-quilômetro (cujo resultado está em fase final de análise pela comissão organizadora). 

Na saúde, a Prefeitura investiu mais do que o dobro do previsto em lei, totalizando R$ 58 milhões, o que representa R$ 33,5 milhões a mais do que o mínimo definido por legislação. A secretária destacou também o ranking da Transparência divulgado nesta semana pelo Ministério Público Federal. Na Região Serrana, Petrópolis ficou em primeiro. Em todo o estado, Petrópolis ficou em 17º entre os 92 municípios fluminenses. “Isso significa que estamos avançando em transparência, mas vamos buscar melhorar ainda mais essa colocação. Realizamos cursos de capacitação na Controladoria Geral da União (CGU), temos alimentado regularmente o Portal da Transparência e o próximo passo será avançarmos nessa questão em relação às empresas de economia mista e às autarquias, como determinou o prefeito Rubens Bomtempo”, disse Rosangela.

Nenhum comentário: