Dia D da Campanha de Vacinação contra a gripe acontece neste sábado



A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, promove neste sábado, dia 9 de maio, o Dia D da Campanha de Vacinação contra a gripe. Trinta e nove unidades estarão abertas das 8h às 17h para atender a população. Crianças de seis meses a menores de cinco anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) devem ser imunizadas. A meta é vacinar 80% dessa população, estimada em 82.016 pessoas. Portadores de doenças crônicas não-transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais também devem se vacinar, desde que apresentem prescrição médica. Para esse grupo não há meta específica de vacinação.

A campanha teve início no dia 4 e segue até 22 de maio. Durante toda a semana, as doses estarão disponíveis em todos os postos de saúde que contam com salas de vacina. “É importante que as pessoas compareçam e tomem a vacina, em especial os idosos, crianças e gestantes. A vacina reduz as chances de complicações que provocam o agravamento da doença”, alertou a gerente de imunização da Coordenadoria de Epidemiologia, Alessandra Cardoso.

A vacina contra a gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza. A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B) determinados pela OMS. 

Medida de Prevenção - A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). Medidas podem ajudar na prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.

Em caso de síndrome gripal, deve-se procurar um serviço de saúde o mais rápido possível. A vacina contra a gripe não é capaz de eliminar a doença ou impedir a circulação do vírus, por isso, as medidas de prevenção são muito importantes, particularmente durante o período de maior circulação viral, entre os meses de junho e agosto.

Também é importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe - especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações - devem procurar, imediatamente, o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração. 

Segue a lista dos postos de vacinação para o Dia D:

Instituto da Mulher, da Criança e do Adolescente (Centro de Saúde)
PSF Caxambu
PSF 24 de Maio
UBS Morin 
PSF Alto da Serra 
PSF Sargento Boening
PSF Vila Felipe
PSF São Sebastião
PSF Alto Siméria
PSF Dr. Thouzet
UBS Alto Independência
UBS Quitandinha
PSF Vila Saúde
PSF Santíssima Trindade
PSF Amazonas
PSF Bairro Castrioto
PSF Comunidade Menino Jesus de Praga
PSF Moinho Preto
PSF Batallard
PSF Pedras Brancas
PSF Comunidade São João Batista
UBS Mosela
UBS Retiro
PSF Carangola
PSF Vale do Carangola
PSF Boa Vista
PSF Machado Fagundes
PSF Jardim Salvador
PSF Estrada da Saudade
Ambulatório Escola
UBS Itamaraty
PSF Castelo São Manoel
Hospital Alcides Carneiro
PSF Bonfim
PSF Águas Lindas
PSF Fazenda Inglesa
UBS Araras
PSF Vale das Videiras
UBS Itaipava
PSF Lajinha
PSF Comunidade 1º de Maio
PSF Boa Esperança
UBS Pedro do Rio
PSF Vila rica
PSF Secretário
PSF Posse
PSF Brejal
Setor de Epidemiologia