sexta-feira, 22 de maio de 2015

Contra dupla função de motoristas em Petrópolis, PT aciona justiça



Motoristas recebendo e cobrando o dinheiro de passagem dos usuários. Essa tem sido uma cena comum nos trajetos realizados pelo transporte público em Petrópolis. Para mudar essa realidade, o Partido dos Trabalhadores, através do seu presidente Yuri Moura, e do seu vereador Anderson Juliano entrou, nesta semana, com uma ação judicial pelo fim da dupla função na cidade.

A medida tem por objetivo combater as demissões dos cobradores e a queda na qualidade do serviço de transporte público. A ADPF (Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental), tipo de ação ajuizada pelo partido, argumenta que a função de cobrador é totalmente diferente da do motorista, inclusive perante o Ministério do Trabalho.

Para Yuri, o acúmulo de função tem causado prejuízo para a população, gerando desemprego, insegurança nas viagens e  outros problemas:

"Estivemos na luta contra o aumento das passagens, que por acaso já incluíam em seu valor a presença do cobrador, e agora estamos nas ruas e nos tribunais pelo fim das demissões. A dupla função não só atrasa os horários dos ônibus e gera trânsito, como traz insegurança e prejudica a acessibilidade.”

Na noite desta quinta-feira (21), Yuri e apoiadores da ação estiveram nos terminais de ônibus distribuindo panfletos para conscientizar os rodoviários e os usuários do transporte no município. Outras ações como esta estão previstas para os próximos dias.

“Fomos ao Supremo Tribunal Federal e independente do resultado vamos ao Tribunal de Justiça. A luta continua na Câmara com o nosso vereador, nas ruas, nas redes e nos espaços de debate com a nossa militância.", concluiu Yuri.

Texto e foto/PT-Petrópolis

Nenhum comentário: