Câmara quer segurança na estrada para alta temporada de inverno



Com o objetivo de traçar estratégias para melhorar as condições de segurança na BR-040 e nos acessos à rodovia, às vésperas da temporada de inverno - quando Petrópolis recebe mais de 400 mil visitantes - a Câmara de Vereadores vai discutir a questão com autoridades municipais, estaduais e federais em uma audiência pública no dia 3 de junho. A reunião foi marcada por conta da preocupação com os casos de violência registrados no trecho que corta a Baixada Fluminense e com os possíveis reflexos no movimento de turistas que visitam a cidade durante a alta temporada. A programação para o período tem a tradicional Bauernfest – festa do Colono Alemão, que está em sua 26ª edição - e os festivais de inverno, que oferecem uma programação cultural com shows, espetáculos teatrais, e apresentações artísticas. Os eventos impulsionam a economia da cidade, contribuindo para a ocupação dos 4.100 leitos disponíveis na rede hoteleira.

“Este é um período em que tradicionalmente hotéis, pousadas, o comércio e o setor de serviços têm um bom movimento. No ano passado, somente durante os 10 dias da Bauernfest, Petrópolis recebeu 215 mil turistas. Hotéis e pousadas tiveram 97% de ocupação neste período. Não podemos permitir que a economia da nossa cidade seja comprometida em um momento tão importante como a temporada de inverno. A vinda dos turistas é fundamental para movimentar nossa economia”, pontua o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor (PMDB).

Os dados constam em um balanço divulgado pela Fundação Municipal de Cultura e Turismo em 2014. “A BR-040 é a principal via de acesso à Petrópolis, mas ela corta uma área crítica, na Baixada Fluminense. Precisamos de mais policiamento não só na região da baixada, mas também no trecho da Serra. Outra medida importante é a instalação de câmeras de monitoramento ao longo da rodovia e nas entradas e saídas da cidade. Reunindo todas as autoridades poderemos buscar soluções que deem mais segurança aos usuários da rodovia e tranquilidade às pessoas que querem visitar Petrópolis”, explica Paulo Igor.

Pela rodovia transitam em média 65 mil veículos diariamente, parte deles petropolitanos que trabalham e estudam na capital. A reunião foi marcada pela Comissão de Segurança da Câmara, presidida pelo vereador Reinaldo Meirelles (PTB) e será realizada às 19h no plenário. “Não existe solução mágica. É preciso que todos os agentes envolvidos discutam o assunto, apontem o que pode ser feito, e trabalhem juntos”, avalia o vereador Meirelles.

A Comissão de Segurança está convidando representantes das polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar, de Petrópolis e de municípios da Baixada. Também estão sendo chamados a discutir o assunto o secretário municipal de Segurança, Luiz Cláudio Calixto Barbosa; o presidente da Concer, Pedro Jonsson, e representantes de entidades como os Ministérios Públicos Federal e Estadual, a OAB-Petrópolis, o Petrópolis Conventions VisitorsBureau e o Sindicato das Empresas do Comércio (Sicomércio).

“Contamos com a presença de todos os envolvidos para discutirmos este assunto e buscamos o melhor caminho para que os usuários tenham mais segurança e a economia da nossa cidade seja mais uma vez fomentada pela temporada de inverno”, pontua Paulo Igor.

Na semana passada, o presidente da Câmara de Vereadores já havia enviado ofícios à Secretaria de Estado de Segurança, pedindo reforço no policiamento ostensivo em vias de acesso à BR-040, na Baixada Fluminense, e à Superintendência da Polícia Rodoviária Federal, para garantir a segurança de motoristas que transitam diariamente na estrada que liga o Rio de Janeiro e Petrópolis. O documento enviado à PRF solicita aumento da fiscalização ao longo dos 40 quilômetros de subida e descida da Serra.

Comentários