terça-feira, 21 de abril de 2015

Pezão e Bernardo Rossi vistoriam obras nos distritos de Petrópolis



Estado investiu R$ 14,7 milhões em pontes e estradas

O governador Luiz Fernando Pezão e o secretário estadual de Habitação, Bernardo Rossi, vistoriaram nesta segunda-feira (20.045)  as obras de construção de seis pontes nos distritos de Petrópolis, investimento de R$ 7,4 milhões do governo do Estado. O governador esteve em Secretário e Vale do Cuiabá. Além das pontes, o governo estadual investiu mais de R$ 7,3 milhões em obras de pavimentação da RJ-117 entre Araras e Vale das Videiras, estrada importante para o turismo e escoamento da produção rural.

Nas localidades, Pezão falou da aplicação de recursos do estado na compra assistida que está tirando 334 famílias de áreas de risco com estado adquirindo imóveis seguros em Petrópolis e na construção de casas na Região Serrana, investimento total de R$ 532 milhões na construção de 4.575 unidades habitacionais nas cidades de Nova Friburgo, Teresópolis, Petrópolis, Areal, Bom Jardim, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto, pelo programa Minha Casa Minha Vida e por meio de montagem de casas modulares.

“Temos um compromisso com a Região Serrana, que é a reconstrução depois das chuvas de 2011, porém, mais do que isso: o governo presente é a valorização do interior fluminense”, afirmou o governador.

Com um investimento total de R$ 101,7 milhões, 92 pontes foram reconstruídas pelo estado, em parceria com o governo federal e o Banco Mundial, em quatro anos na Região Serrana. Em Petrópolis, as novas pontes foram erguidas em duas localidades do Brejal que são Estrada das Peras e Córrego do Brejal, na Posse; e em duas áreas do Vale do Cuiabá: Buraco do Sapo e Rio Carvão e ainda no bairro Santa Mônica, essas três em Itaipava. No Brejal, as obras beneficiam mais de 200 famílias de agricultores e na área urbana, mais de duas mil pessoas no Vale do Cuiabá. As intervenções do estado incluem ainda a construção da ponte de Secretário e o asfaltamento da RJ-117, trecho de 19 quilômetros da entrada de Araras até o Vale das Videiras.  

“No Brejal, são mais de 50 toneladas  de legumes e verduras sendo transportados diariamente e alguns produtores chegam a fazer 4, 5 viagens por dia à Central de Abastecimento do Estado, a Ceasa, no Rio. A estrada principal do Brejal, os acessos secundários e as pontes são fundamentais para a escoação desses produtos e para a economia da região”, aponta Bernardo Rossi. “Acompanho as obras como secretário e como petropolitano, mas também porque garanti, no mandato de deputado estadual, recursos no orçamento do estado para a realização dessas intervenções”, completa.

 Em Secretário, a nova ponte  vai beneficiar os cerca de 120 produtores rurais da região e mais de cinco mil visitantes que a localidade chega a receber nos finais de semana., Já a reestruturação total  da RJ 117 desde Petrópolis a Paty do Alferes, em mais de 44 quilômetros, vai beneficiar cerca de 150 mil usuários. “A tradicional Festa do Tomate, em Paty, costuma atrair aproximadamente 40 mil pessoas por dia, durante o feriado de Corpus Christi. Estamos falando ainda em escoamento de produção rural e ainda do turismo rural e ecológico que atrai visitantes o ano inteiro para a região", aponta Bernardo Rossi.

Nenhum comentário: