Habitação reúne moradores do Sargento Boening para apresentar obras do BNH



O secretário estadual de Habitação, Bernardo Rossi, reuniu os moradores do condomínio Sargento Boening, na Chácara Flora, nesta segunda-feira (09.03) à noite em um primeiro encontro para apresentar os procedimentos de reforma do conjunto. Mais de 250 pessoas estiveram presentes na reunião no próprio condomínio para conhecer os prazos e como será a execução da reforma do maior conjunto popular da cidade com 600 apartamentos distribuídos em 34 blocos.  A obra, executada pela Companhia Estadual de Habitação (Cehab), subordinada à Secretaria estadual de Habitação, é um investimento do governo do estado de R$ 3, 6milhões. O programa De Cara Nova é desenvolvido em todo o estado.

“Conservar o que já existe em moradia popular também faz parte da política habitacional do estado. Já reformamos 124 conjuntos em várias cidades. Só em Petrópolis já são seis reformas que beneficiam mais de R$ 15 mil pessoas e somam R$ 14 milhões”, destacou Bernardo Rossi. Na reunião com os moradores, o secretário apontou ainda a parceria e fiscalização dos moradores como aliados para a rapidez e boa execução das obras. “No Chácara Flora a obra vai ser executada mexendo com a rotina de três mil pessoas. E assim como em outros conjuntos já reformados em Petrópolis, os moradores foram essenciais para o bom andamento dos trabalhos”.

Salvador Braz Filho, 60 anos, é um dos moradores mais antigos do conjunto residindo no local há 30 anos, desde que o BNH foi reformado. Casado, criou as duas filhas no conjunto. Ele comemora as obras: “todo este tempo nunca foi feita uma reforma. Apenas pintura nos andares mais baixos”, diz o motorista aposentado.

Para o síndico Júlio César Deister, 55 anos, a obra vem em boa hora. “Valoriza os imóveis e nos dá mais segurança”, aponta. Para ele, a recuperação das caixas de água que armazenam mais de cinco milhões de litros por mês é uma das partes mais bem-vindas na intervenção feita pelo estado. “A revisão da parte estrutural e a reforma do telhado também são fundamentais”, completa.

São Sebastião também vai receber reforma

O próximo condomínio a entrar em reforma é o São Sebastião conjunto  composto por 16 blocos onde residem 493 famílias, cuja obra soma R$ 2,4 milhões. Investimento de R$ 8,3 milhões, já foram reformados pelo estado em Petrópolis os conjuntos habitacionais do Quitandinha, Dr.Thouzet, Mosela e Coronel Veiga. Mais de 12 mil pessoas foram beneficiadas com as obras já entregues aos moradores.

Uma das reformas mais significativas em todo o estado é o condomínio Dr. Thouzet, em Petrópolis. Três dos seus 13 blocos estavam condenados pela Defesa Civil e chegaram a ser desocupados sob o risco de desabamento. Em todo o condomínio residem 548 famílias que chegaram a temer desvalorização e interdição de todo o conjunto.

“Os blocos foram recuperados, são seguros e hoje um imóvel no condomínio que  chegava a valer menos que R$ 15 mil é avaliado em R$ 70 mil, R$ 80 mil. Evitamos que os moradores de lá deixassem seus apartamentos e fossem buscar moradia em áreas de risco.  Toda a área de entorno foi valorizada também”, afirma o secretário de Habitação.

Comentários