Jorge Picciani é o novo presidente da Alerj



Com 65 votos, de um total de 70, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) elegeu, nesta segunda-feira (02/02), os 13 membros da nova Mesa Diretora da Casa. Ela conduzirá os trabalhos da Alerj pelos próximos dois anos. O novo presidente é o deputado Jorge Picciani (PMDB), candidato único na chapa “Harmonia e Independência”. A sessão foi presidida pelo deputado Paulo Melo (PMDB), que foi o presidente na legislatura anterior.

A primeira medida anunciada por Picciani, em discurso, foi a retirada dos tapumes de madeira que desde as manifestações de 2013 cobrem as janelas do histórico Palácio Tiradentes - cujo prédio Picciani anunciou que irá recuperar, após consulta ao Iphan.

"O Parlamento não pode ter medo de manifestações. Não pode se cobrir de tapumes nem se cercar de grades. Continuarei como sempre: andando sem segurança, saindo pela porta da frente. Não haverá tapume nem grade. E a segurança da Casa continuará desarmada", disse Picciani em discurso. "Sempre soube respeitar tanto os aplausos quanto às vaias". Ele defendeu um Parlamento forte e aberto ao diálogo e que responda aos anseios da sociedade.

Os únicos deputados que votaram contra a chapa “Harmonia e Independência” foram os do PSOL (Dr. Julianelli, Eliomar Coelho, Flávio Serafini, Marcelo Freixo e Paulo Ramos). O deputado Marcelo Feixo explicou que esta foi uma orientação do partido à bancada, e que os deputados do PSOL irão "apoiar todas as medidas de transparência" que a Mesa vier a adotar.

Picciani agradeceu os votos, tanto os favoráveis quanto os contrários, pois, segundo ele, o Parlamento deve ser plural e democrático. "Me portarei como uma magistrado. Daqui desta cadeira (de presidente) não farei defesa do governo, quando tiver que fazer será na qualidade de deputado e não como presidente do Parlamento", disse ele.

Picciani também elogiou a administração do ex-presidente Paulo Melo. Lembrou dos anos de convívio com o parlamentar, que começou há 25 anos. "Paulo Melo é um dos mais importantes legisladores que a Casa já teve, com um vasto conhecimento sobre o Regimento Interno e a Constituição, fruto do seu esforço pessoal e trabalho", acrescentou.

O novo presidente da Casa convocou a primeira reunião da Mesa Diretora para esta quarta-feira (03/02), às 10h, e outra com o Colégio de Líderes, na quarta-feira (04/02), às 14h, quando serão analisadas 12 medidas administrativas, algumas visando à redução de gastos da Casa, como a que trata de mudanças na concessão do auxíliopeducação. Na quarta-feira, às 15h, acontece a primeira reunião de líderes com vistas à formação das Comissôes Permanentes. O governador Luiz Frnando Pezão e o prefeito Eduardo Paes chegaram no fim da solebidade para abraçar a nova Mesa.

Eis a formação da nova Mesa Diretora:

Presidente – Jorge Picciani (PMDB)
Primeiro Vice-Presidente – Wagner Montes (PSD)
Segundo Vice-Presidente – André Ceciliano (PT)
Terceiro Vice-Presidente – Marcus Vinicius (PTB)
Quarto Vice-Presidente – Carlos Macedo (PRB)

Primeiro Secretário – Geraldo Pudim (PR)
Segundo Secretário – Samuel Malafaia (PSD)
Terceiro Secretário – Fábio Silva (PMDB)
Quarto Secretário – Pedro Augusto (PMDB)

Primeiro Suplente – Zito (PP)
Segundo Suplente – Bebeto (SD)
Terceiro Suplente – Renato Cozzolino (PR)
Quarto Suplente – Márcio Canella (PSL)

Comentários