domingo, 1 de fevereiro de 2015

Câmara vai mobilizar rede hoteleira para incentivo à visitação ao Palácio Amarelo no Carnaval

Durante os dias de folia o atrativo receberá visitantes das 10h às 16h


Com o objetivo de ampliar as opções de turismo cultural durante o Carnaval, o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor (PMDB), vai manter o Palácio Amarelo aberto durante os quatro dias de folia. Para incentivar a visitação, que é gratuita, a Câmara de Vereadores está mobilizando a rede hoteleira, solicitando que os hóspedes sejam informados sobre o funcionamento que acontecerá de sábado à terça, das 10h às 16h. O prédio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e conhecido por sua riqueza arquitetônica e histórica, foi aberto à visitação em 2009 e, desde então, vem se consolidando como um importante equipamento turístico de Petrópolis.

“O perfil dos turistas da cidade durante o Carnaval é de pessoas que buscam escapar da agitação, que querem tranquilidade e, muitas vezes, optam por uma programação cultural. Consideramos importante que o Palácio Amarelo esteja aberto para que estas pessoas tenham a oportunidade de conhecer não só a riqueza arquitetônica, que encanta os visitantes, mas também a história do solar, que se confunde com a história de Petrópolis”, explica Paulo Igor, lembrando que a divulgação junto aos hotéis e pousadas já começou a ser feita. “Esta é uma forma da Câmara de Vereadores incentivar o turismo, atividade que gera empregos para os petropolitanos e é um importante vetor de desenvolvimento econômico”, considera.

A recepção aos turistas é feita por guias bilíngues, que orientam a visita e fornecem informações sobre a história do solar. "Ao abrir as portas do Palácio para os visitantes, a Câmara incentiva o resgate da história de Petrópolis e contribui para o turismo da nossa cidade. Nosso objetivo é oferecer às pessoas que chegam a nossa cidade um serviço de qualidade e uma recepção diferenciada. Manter esta estrutura funcionando é uma forma direta de incentivo ao turismo", afirma o presidente da Câmara, Paulo Igor. A visitação é gratuita.

Nenhum comentário: