PETRÓPOLIS: Rodoviários começam movimento por aumento salarial

OPINIÃO: Depois de aumentar a passagem de ônibus de R$2,80 para R$3,20 será difícil à categoria aceitar menos do que esta sendo pedido, mas o interessante é que o governo em breve terá sua primeira desculpa para o próximo reajuste. 



O Sindicato dos Rodoviários vão se reunir amanhã (21) para iniciar as tratativas para a reivindicação do aumento salarial da categoria. A data-base para o reajuste é o mês de março e a intenção é que isso aconteça na época certa, sem o atraso que ocorreu no ano passado. O pedido é de 14% de acréscimo nos vencimentos dos profissionais.

A justificativa para a reivindicação é o reajuste do preço das passagens de ônibus, que ficou em 14,29%. Após a reunião, a classe vai mandar a proposta para as empresas de transporte público da cidade.

– Nós vamos negociar, vamos fazer essa primeira reunião. Estamos abrindo a discussão. Ano passado as empresas ficaram enrolando. Queremos que o aumento comece já em março. Temos o mês de fevereiro inteiro para que possa discutir – anunciou o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Antônio Maciel Filho.

Vale lembrar que, no ano passado, a categoria fez greve em abril. O pedido inicial era de 15%, enquanto a primeira proposta do Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis (Setranspetro) foi de 2%. No final das tratativas, um mês depois, a classe aceitou 7% de reajuste, com os vencimentos indo para R$1.793,51 (motoristas), R$ 987,66 (cobradores) e R$ 1.226,40 (fiscais).
Com a proposta de agora, os salários iriam para R$ 2.044,61, R$ 1.125,93 e R$ 1.398,10, respectivamente.

NÚMEROS
Proposta de 14%

Motorista
Atual: R$1.793,51
Reajuste: R$ 2.044,61

Cobrador
Atual: R$ 987,66
Reajuste: R$ 1.125,93

Fiscal
Atual: R$ 1.226,40
Reajuste: R$ 1.398,10

fonte: Diário de Petrópolis / Rômulo Barroso

Comentários