PETRÓPOLIS / Câmara Municipal leva mais um ‘passa fora’ do prefeito



Petrópolis parece um grande circo onde os palhaços estão na plateia (nós) impotentes enquanto uma apresentação bizarra de masoquismo político acontece no legislativo municipal. 

E na semana passada mais um fato justificou as críticas da população e mostrou o desprezo do executivo pelas ações da Câmara Municipal quando o prefeito Rubens Bomtempo vetou na última sexta-feira o projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal que cria normas para a realização de eventos de corrida de rua e de caminhada em Petrópolis. Na justificativa, Bomtempo indicou que a matéria é inconstitucional, por tratar de questões tipicamente administrativas, de competência exclusiva do Poder Executivo.

COMENTÁRIO: Ou seja, quem manda nessa joça sou eu! 

Segundo Bomtempo, projeto de lei não está de acordo com dispositivos da Lei Orgânica, da lei que institui o Plano Diretor, da Lei de Criação da Secretaria de Esportes e da Lei de Criação do Conselho Municipal de Esportes. Trocando em miúdos, parece que o legislativo não entende as funções de cada poder.

O veto do prefeito será agora submetido à Câmara Municipal. Ah, um detalhe: O vereador que levou um ‘passa fora’ é Jorginho Banerge, fiel escudeiro do governo e candidato do prefeito derrotado na disputa por uma vaga na Alerj esse ano. 

Amigos amigos... 

Com informações do jornal Tribuna de Petrópolis.