PETRÓPOLIS / Empresários discutem reajuste de passagens



Edson Cunha: Após o reajuste no preço de venda nas refinarias da gasolina e do óleo diesel, respectivamente de 3% e 5%, que passou a vigorar na sexta-feira (7),  o valor repassado para o consumidor aumentou neste sábado (8) em alguns postos de combustível de Petrópolis. Com isso as empresas de ônibus da cidade já estão se reunindo para calcular a planilha de gastos. Dependendo do que for resolvido o preço da passagem poderá ser reajustado.

De acordo com a Assessoria de Comunicação do Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis (Setranspetro), o reajuste do preço do combustível foi consolidado somente na última sexta-feira e por isso é que as reuniões entre os representantes das empresas começou ontem.

- As empresas começaram a calcular o impacto que o reajuste no preço do diesel irá provocar na planilha de cálculos. Mas ainda é cedo para ser informado um índice – explicou Carla Rivetti, assessora do Setranspetro.

Segundo o sindicato, as empresas vêm acumulando déficits no último ano. Um dos motivos que mais impactou as viações, de acordo com o Setranspetro, foi o acordo coletivo da categoria, que aconteceu em abril e aumentou o salário dos funcionários em 7%, além da cesta básica, que teve um aumento de 15%.

O Setranspetro citou ainda a implantação do sistema de integração total, que desde que foi iniciado, também em abril desse ano, aumentou em 165% o número de registros de integração por mês. Ou seja, antes eram 170 mil registros mensais, e depois passaram a ser de 450 mil. Com isso, o sindicato disse que as empresas deixam de faturar com as tarifas. 

- As empresas também verificaram queda de demanda no transporte coletivo com relação ao ano passado. Alguns motivos foram os feriados, a Copa do Mundo e a paralisação dos rodoviários no início do ano – citou Carla por meio de nota. 

A assessora acrescentou que alguns insumos que compõem a estrutura de custo dos coletivos, como os pneus, também tiveram seus valores elevados. E afirmou que os engarrafamentos são outro fator que contribuem para aumentam os custos operacionais. 

Hoje, seis empresas de transporte coletivo atuam em Petrópolis: Turb, Cidade Real, Petro Ita, Cidade das Hortênsias, Viação Cascatinha e Transpal.

Anúncio foi feito na última quinta

A Petrobras informou na última quinta-feira (6) o aumento do preço de venda nas refinarias da gasolina e do diesel. O novo valor começa a vigorar a partir da 0h de sexta-feira (7). A alta da gasolina nas refinarias será de 3% e do diesel, de 5%. A alta nas refinarias resultou em aumento para o consumidor. O percentual, no entanto, não é necessariamente o mesmo: o valor do combustível nas bombas depende de determinação dos postos.

via Diário de Petrópolis