sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Petrópolis - DISPUTA PELO COMANDO DO LEGISLATIVO PODE SER O 2° ROUND DE UM DUELO DE TITÃS


Enquanto as lideranças locais aguardam o fim do segundo turno das eleições nacionais e estaduais para descansar, alguns vereadores já estão na ‘velocidade quatro’ nas articulações de bastidores para disputa pelo comando da Câmara Municipal de Petrópolis. 

O prefeito Rubens Bomtempo que esteve voltado para disputa presidencial como um dos coordenadores da campanha do PSB ainda tem muito trabalho com a definição do apoio a Aécio Neves no segundo turno, mas segundo a rádio corredor do palácio amarelo o projeto do governo já está definido e faz parte de um acordo maior com o PTB de Marcus Vinícius e Roberto Jefferson que conta com dois vereadores na cidade. 

Segundo minhas fontes o atual presidente vereador Paulo Igor fortalecido pela reeleição com votação histórica de seu aliado deputado Bernardo Rossi e com uma bancada de três vereadores e mais dois fiéis escudeiros não será um adversário fácil a ser batido e não está disposto a entregar a cadeira com um sorriso no rosto, aliás, eu militei ao lado do Paulo Igor enquanto era apenas um jovem caladão durante as reuniões e não me lembro de ter visto o jovem político sorrir dia algum, kkk...

O fato é que Bomtempo é campeão de impopularidade em seu terceiro mandato e a população nas urnas desaprovou governo e oposição, isso significa que o chefe de executivo terá de abrir o Piabanha como Moisés fez com o Mar Vermelho para deslanchar em seus dois últimos anos no poder e para que esse sonho vire realidade ter o legislativo a seu lado é fundamental, mas sua decisão pode transformar o poderoso PMDB em oposição. Agora é esperar para ver.





Nenhum comentário: